CBMSC prepara ações para Semana Nacional de Prevenção Contra Incêndios

Em 2024, a Semana Nacional de Prevenção Contra Incêndios será realizada entre os dias 1 e 6 de julho. Este ano, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) está preparando a “Operação Alerta Vermelho nas Escolas” onde serão realizadas uma série de palestras em escolas de todo o Estado com a participação de mais de 3 mil crianças. O objetivo é conscientizar e orientar a população sobre os perigos que estão presentes em nosso cotidiano e que podem desencadear um incêndio. 

“Este ano queremos impactar as famílias a partir das crianças. Estaremos nas escolas, com os alunos dos 5os anos para orientar sobre prevenção e demonstrar os perigos que pequenos descuidos podem causar”, explica o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, coronel Fabiano Bastos das Neves. Após a palestra os alunos terão uma tarefa – responder um formulário junto com a famílias sobre seus hábitos. Entre os questionamentos estão desde perguntas básicas, como para qual número de telefone ligar em caso de urgência até reflexões sobre quais seriam as rotas de fuga em caso de incêndio. 

Continua após o anúncio

Posteriormente, as respostas serão analisadas e poderão descrever quais são as maiores dificuldades e riscos apresentados por esse grupo. O que poderá ser utilizado para desenvolver novas atividades futuras.

Incêndios residenciais

Continua após o anuncio

Os dados da Divisão de Investigação de Incêndio (DINVI) do CBMSC demonstram que somente em 2023 ocorreram, em Santa Catarina, 1018 incêndios em residências (unifamiliar), o que corresponde a 50% das ocorrências em edificações, com 97 vítimas. Entre os principais motivos estão problemas na rede elétrica, mau uso de eletrodomésticos e o uso inadequado de combustíveis.

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

São situações que poderiam ser evitadas com pequenas atitudes diárias. “Em muitos dos casos, o que observamos quando chegamos nas residências é que são situações do cotidiano em que a pessoa, por um pequeno descuido, acabou gerando o incêndio”, complementa o comandante-geral.

Continua após o anúncio

Entre as situações observadas podem estar panos de prato próximo ao fogão aceso; sobrecarga em uma tomada devido ao uso inadequado de plugues “T” ou benjamin; equipamentos eletrônicos em cima de sofá ou cama (entre notebooks, ventiladores, celulares entre outros) por longos períodos sem supervisão.

Do total de ocorrências verificadas no ano de 2023, 26% tiveram como princípio a rede elétrica. Fiações antigas, mal dimensionamento da rede, conexões inadequadas e a sobrecarga são algumas das razões que podem causar o incêndio.

Em 22% dos casos, os causadores foram associados aos eletrodomésticos. Entre os principais motivos pode-se destacar os eletrodomésticos defeituosos ou mal utilizados, sobrecarregamento de tomadas e extensões, falta de manutenção e limpeza dos aparelhos, bem como eletrodomésticos de maneira geral ligados sem supervisão.

Outros 14% têm como causa inicial o uso inadequado de combustíveis, como a utilização de álcool para acender lareiras, fogões e aquecedores.

Essas informações corroboram com outro dado importante, em 55% dos incêndios verificados em residências unifamiliares, as chamas são iniciadas nos dormitórios, sala e cozinha. São locais que apresentam o maior número de equipamentos e onde a atenção deve ser redobrada.

Dia do Bombeiro Brasileiro

A Semana de Prevenção Contra Incêndios faz parte das ações alusivas ao Dia do Bombeiro Brasileiro, comemorado em 2 de julho. A data foi instituída em 1954 e faz referência ao primeiro decreto que regulamentou o serviço de extinção de incêndios no Brasil em 2 de julho de 1856.

Decreto nº 1.775, de 2 de Julho de 1856 – Publicação Original

Decreto nº 35.309, de 2 de abril de 1954

Informações à imprensa:
Karla Lobato
Assessoria de Imprensa CBMSC: (48) 98843-4427
Centro de Comunicação Social
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

www.cbm.sc.gov.br

Fonte: Governo SC

Continua depois do anúncio: FP

Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844

Leia Mais

Mais Lidas

-PUBLICIDADE-