Projeto “Broto do Galho” exibe trabalhos de artesanato sustentável na Alesc

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Trabalhos ficam expostos na Alesc até 05 de Julho.
FOTO: Solon Soares/Agência AL

Continua após o anúncio

Resíduos de papel e papelão se transformam em arte criativa pelas mãos de 13 artesãos da Associação Broto do Galho, entidade da comunidade de Campina da Alegria, município de Vargem Bonita, no Meio Oeste. Desde a última terça-feira ( 25), a Mostra Institucional “Projeto Broto do Galho: uma proposta de artesanato sustentável”, expõe os trabalhos na Galeria de Arte Ernesto Meyer Filho, situada no hall do Palácio Barriga Verde, na Capital.

O lançamento da exposição contou com a presença do deputado José Milton Scheffer (PP), proponente da exposição, além de artesãos, familiares e público em geral.

Continua após o anuncio

Renda e cultura

O parlamentar destacou que o principal objetivo da iniciativa é ressaltar a grandiosidade desse projeto. “Uma ação que vem de Campina da Alegria, uma comunidade do aconchegante e pequeno município de Vargem Bonita, no nosso Meio Oeste, e que tem como principal fonte econômica o reflorestamento e a celulose”, disse.

Continua após o anúncio

Zé Milton observa que a arte está presente em todos os segmentos. “E esse projeto se destaca por reciclar o papel e o papelão criando um belo artesanato, agregando renda à comunidade. Sem falar que divulga a arte e a cultura catarinense, com muita qualidade e criatividade”, observa.

Peças em formato de coração

Na Mostra Institucional Broto do Galho, a arte aliada à criatividade está em toda a parte, como por exemplo, nos porta retratos e porta jóias em formato de coração.

A exposição se divide na coleção “ Paixões do Viveiro”, que remete à natureza, representada pelo verde das matas e pela variedade de pássaros existentes na comunidade de Campina da Alegria; e na coleção “Broto em Tusa”, que tem como matéria prima, a fita utilizada no processo de acabamento de papel.

Material doado e reciclado

Todo o material utilizado é doado pela empresa Irani, uma das principais indústrias de embalagens sustentáveis do Brasil, explica a coordenadora do projeto, Ivoneis Alves, que atua no Broto do Galho como voluntária desde 2017.

“Esse trabalho foi forjado a partir dos resíduos industriais, que semanalmente recebemos da empresa Irani. A partir daí, ensinamos os artesões locais, as técnicas para transformar em peças de utilidade e de decoração”, revela. Ela ensina a arte do aproveitamento dos resíduos para homens e mulheres que atuam no projeto para a confecção de todas as peças. “Cada participante pode arrecadar até R$ 500,00 por mês com a comercialização”, destaca.

O projeto da Associação, que conta também com o apoio da prefeitura de Vargem Bonita, promove o desenvolvimento sustentável da comunidade, com a confecção de produtos artesanais, estimulando a integração social e a geração de renda extra aos participantes.

A Mostra Institucional “Projeto Broto do Galho: uma proposta de artesanato sustentável” segue até o dia 05 de julho de 2024, na Galeria de Arte Ernesto Meyer Filho.

Valquíria Guimarães
Agência AL

Fonte: Agência ALESC

Continua depois do anúncio: FP

Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844

Leia Mais

Mais Lidas

-PUBLICIDADE-