Deputados destacam concurso para professor e projetos de lei protocolados

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Deputado Marcius Machado (PL) destacou lançamento do edital do concurso público para professor da rede estadual.
FOTO: Bruno Collaço / AGÊNCIA AL

Continua após o anúncio

Os parlamentares que participaram da sessão da tarde de quarta-feira (26) da Assembleia Legislativa destacaram o lançamento do edital do concurso público para professor da rede estadual, além de projetos de lei que tramitam nas comissões técnicas da Casa.

“Hoje é um grande dia, dia do lançamento do edital no qual os professores terão a possibilidade de participarem de um concurso público da Secretaria de Estado da Educação (SED) com 10 mil vagas, o maior já lançado”, comemorou Marcius Machado (PL), explicando em seguida que estão previstas vagas para administrador escolar, orientador, supervisor, professor, assistente de educação e assistente técnico pedagógico.

Continua após o anuncio

As inscrições iniciam em 9 de julho e encerram no dia 12 de agosto. Serão duas provas: a primeira acontecerá em 22 de setembro, exclusivamente para os candidatos ao cargo de professor. No dia 29 de setembro será realizada a segunda prova, para os demais cargos.

“Pode se inscrever para fazer os dois concursos”, informou o líder do PL, aludindo ao fato de que é possível se candidatar ao cargo de professor ou para outro cargo previsto no edital, uma vez que as provas acontecerão em dias diferentes.

Continua após o anúncio

“A primeira chamada será para 6,5 mil profissionais”, finalizou Machado.

Já os deputados Matheus Cadorin (Novo) e Neodi Saretta (PT) pediram o apoio dos colegas para projetos de lei de suas autorias que tramitam nas comissões da Casa.

Cadorin ressaltou projeto que prevê liberdade de escolha do material para construção de fossas residenciais. Atualmente, alguns municípios exigem que seja construída de cimento, quando há materiais disponíveis não orgânicos, não porosos e que não agridem o meio ambiente.

“O projeto deixa aberto para a população escolher”, justificou o representante de Joinville.

Outro projeto destacado por Cadorin diz respeito à geolocalização dos agressores de mulheres.

“Se a tornozeleira atinge um raio de abrangência determinado, soa um aviso de que o agressor está se aproximando da vítima, mas a vítima não sabe, ela receberá uma mensagem e decidirá se permanece ou deixa o local”, explicou Cadorin.

O terceiro projeto de Cadorin cria o Programa de Educação Parental, com o objetivo de levar os pais para a escola para que recebam instruções “para que o aluno tenha condições de adentrar na escola com um mínimo de disciplina e respeito”.

Neodi Saretta seguiu Cadorin e pediu o apoio dos colegas para projeto que institui a Semana de Conscientização sobre o Luto Parental.

“O luto mexe com os sentimentos, mas a perda de uma criança não é esperada, não é o ciclo normal da vida e quando acontece traz um impacto para pais e familiares, tem um contorno específico, a inversão da lógica da vida”, ponderou Saretta.

O ex-prefeito de Concórdia também pediu o voto favorável dos deputados ao projeto que cria o chamado “exame do ceuzinho”, realizado nos recém-nascidos para identificar fissuras lábios-palatais.

“É um exame para detecção nas primeiras 48h de vida. As fissuras, às vezes, já podem ser observadas nos exames de ultrassonografia, mas um exame simples rápido, de verificação visual e de apalpação do palato pode detectar possíveis fissuras. Uma vez detectada, medidas terapêuticas precisam ser tomadas sem demora, com registro nos prontuários”, afirmou Saretta.

Vitor Santos
AGÊNCIA AL

Fonte: Agência ALESC

Continua depois do anúncio: FP

Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844

Leia Mais

Mais Lidas

-PUBLICIDADE-