Agricultores da Serra pedem ajuda para superar perdas de mais R$ 200 mi

“Os agricultores da Serra Catarinense estão enfrentando a pior crise dos últimos 25 anos, em decorrência das fortes chuvas, afetando a safra atual. O volume de perdas estimado supera R$ 200 milhões”. O alerta é do deputado Lucas Neves (Podemos), que falou sobre o pedido de ajuda dos produtores da região Serra na sessão plenária da Assembleia Legislativa, na manhã desta quarta-feira (26).

Continua após o anúncio

Neves apresentou um histórico sobre o volume de chuvas na região desde 1995. De lá para cá, o deputado destacou que a média de chuvas foi de 1.899 milímetros por safra. “Na safra atual, chegamos a quase três mil milímetros de chuva, o que representa mil milímetros a mais do que a média. Imagine o agricultor ter que conviver com tanta chuva durante os períodos de plantio e colheita.”

O parlamentar disse que recebeu o pedido de ajuda de vários desses agricultores e elencou as principais reivindicações: prorrogação dos prazos para o pagamento das dívidas dos produtores afetados, ampliação e melhora do seguro agrícola, linhas de créditos emergenciais, além de benefícios fiscais.

Continua após o anuncio

“Faço um apelo ao governo para que os agricultores catarinenses possam ter benefícios semelhantes aos concedidos aos agricultores gaúchos por conta do grande volume de chuvas. A chuva que prejudicou bastante o Rio Grande do Sul também chegou até aqui de uma maneira que estamos sofrendo com essas perdas”, disse Neves.

Primeira UPA 24 horas
O deputado Emerson Stein (MDB) comemorou a primeira Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas de Porto Belo. A unidade será inaugurada na sexta-feira (28) e começará a atender o público no sábado (29).

Continua após o anúncio

A estrutura inclui consultórios médicos, consultório odontológico, sala de triagem, sala de medicação rápida com 10 poltronas, além de áreas especializadas como leitos de observação adulto e infantil, sala de coleta de exames de emergência, laboratório para exames urgentes, e salas dedicadas a exames como raio X digital, tomografia, endoscopia, colonoscopia e ultrassonografia.

“Por meio da Bancada do Vale do Itajaí da Alesc, conseguimos R$ 3,4 milhões para a compra de equipamentos para essa unidade. Porto Belo merece a conquista dessa UPA 24 horas”, salientou Stein.

Outras manifestações
O deputado Fernando Krelling (MDB) celebrou o lançamento do edital para a instalação de duas áreas de escape na SC-418, na Serra Dona Francisca, no trecho próximo a Joinville. O governo vai investir R$ 35 milhões para construir as duas áreas de escape, uma no KM 15,3 e outra no KM 17,4, na cidade de Campo Alegre, além de outras melhorias.

“Obrigado governador Jorginho Mello e secretário de Infraestrutura, Jerry Comper, por esse fato tão importante”, agradeceu Krelling.

Já o deputado Dr. Vicente Caropreso (PSDB) disse que vai apresentar uma moção sobre o fechamento do Hospital de Custódia de Florianópolis. Resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) determinou o fechamento dos hospitais de custódia e tratamento psiquiátrico, instituições que recebem pessoas com algum transtorno mental e que cometeram crimes graves.

“É uma situação complexa e preocupante. Não sei se o nosso sistema ambulatorial está preparado se todas as pessoas internadas nesse hospital forem liberadas sem as garantias devidas de atendimento”, ressaltou Caropreso.

O deputado anunciou que no próximo dia 9, será realizada uma reunião conjunta das comissões de Saúde, Segurança Pública e Direitos Humanos para debater o tema.

O deputado Napoleão Bernardes (PSD) criticou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de descriminalizar o porte de maconha para consumo pessoal. “Justamente nesse 26 de junho, Dia Internacional de Combate às Drogas, o STF dá um tiro no pé. Todo mundo sabe o mal que isso faz, porque muitas vezes uma droga leva à outra e até a muitas situações de criminalidade.”

Além desse assunto, o parlamentar defendeu a atuação dos cartórios. Segundo defendeu, são instituições que garantem segurança jurídica e fé pública. “Conferem um selo de autenticidade e credibilidade”, pontuou.

Por último, o deputado Massocco (PL) criticou a divulgação de que o governo do Estado não estaria repassando para o município de Concórdia os recursos necessários para a obra de duplicação da Rua Tancredo Neves. “Foi criada uma narrativa de que o governo do Estado não queria que a duplicação avançasse e, por isso, não estaria repassando os recursos. O balancete da prestação de contas da obra, no entanto, mostra que a prefeitura ainda tem dinheiro em conta para usar nessa obra”, contestou.

Daniela Legas
AGÊNCIA AL

Fonte: Agência ALESC

Continua depois do anúncio: FP

Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844

Leia Mais

Mais Lidas

-PUBLICIDADE-