- PUBLICIDADE GOOGLE-

Itajaí divulga novo boletim epidemiológico sobre a dengue

A Secretaria de Saúde de Itajaí, por meio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DVE) e Gerência de Controle de Zoonoses, divulga o boletim n° 10/2023 sobre a situação da dengue, febre chikungunya e zika vírus. O relatório mostra que os números de casos confirmados estão em declínio nas últimas 20 semanas em Itajaí, o que mantém a doença estável. As informações foram coletadas entre os dias 01 de janeiro e 09 de dezembro deste ano.

Durante o período, foram notificados 13.377 casos suspeitos de dengue em Itajaí. Destes, 4.456 (33%) foram confirmados, 7.501 (56%) foram descartados, 574 (04%) estão sob investigação e 846 (06%) são residentes de outros municípios.

Continua após o anúncio

Entre os casos confirmados, 4.384 são autóctones (foram transmitidos dentro do município), 18 são importados (foram transmitidos fora do município) e 51 são indeterminados (não foi possível determinar o local da provável infecção). Existem ainda três casos sob investigação em Itajaí.

Dos casos autóctones, a transmissão foi registrada em todos os bairros da cidade. Os locais que mais contabilizaram casos em 2023 são: São Vicente (1.308 casos), Cordeiros (844), Cidade Nova (496) e Fazenda (314). Desde julho, o Município voltou a atingir níveis endêmicos da doença.

Continua após o anuncio

Atualmente, os agentes de combate a endemias atuam nos bairros São João, Barra do Rio, Cidade Nova e Cordeiros. “Solicitamos apoio da população para que adote as medidas de prevenção à dengue, não deixe água parada e evite o acúmulo de depósitos que possam se tornar criadouros do Aedes aegypti”, destaca o coordenador do Programa de Controle da Dengue, Lúcio Vieira.

O boletim completo pode ser conferido aqui.

Continua após o anúncio

Fonte: Prefeitura de Itajaí – SC

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844

Veja Mais

Mais Lidas

RECEITAS