- PUBLICIDADE GOOGLE-

CASAN recebe visita da comitiva da JICA e trata de futuros investimentos no saneamento

Reunião entre diretoria da CASAN e representantes da JICA. Foto: Acervo CASAN.

A diretoria da CASAN (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento) aproveitou a visita de uma comitiva da Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) ao estado para tratar de uma segunda linha de crédito em reunião nesta terça-feira (05). A ideia da Companhia é projetar futuros investimentos em sistemas de esgotamento sanitário de Santa Catarina.

Continua após o anúncio

O contato entre a CASAN e a comitiva já havia começado na segunda-feira (04), quando o diretor de operação e expansão Pedro Joel Horstmann e o Gerente de Construções Felipe Costa Leite guiaram o grupo por estações de tratamento na Grande Florianópolis. A equipe da Agência visitou as ETEs Ingleses e João Paulo, em Florianópolis, e a obra da nova ETE Potecas, em São José.

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Visita da Comitiva da JICA à ETE Ingleses na segunda-feira (4). A estação foi inaugurada em Novembro. Foto: Allan Carvalho/Cinemáquina.

Continua após o anuncio

“Nós da CASAN já temos uma relação de 15 anos de parceria com a JICA para garantir o saneamento básico no nosso litoral”, explicou o diretor Pedro Joel. “Agora com essa visita, estamos trabalhando em conjunto para expandir o tratamento de esgoto em mais sete municípios, na linha do compromisso assumido com o governo do estado de atingir 50% de cobertura até 2026”.

Buscando atingir essa meta, a CASAN enviou em julho uma proposta de empréstimo de R$ 796 milhões para a JICA. O maior valor previsto é o da ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário de São José (R$ 515 milhões), somando a obra da ETE Potecas e a instalação de novas redes coletoras.

Continua após o anúncio
Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

A obra da ETE Potecas, visitada pela comitiva da JICA, está inserida na proposta enviada pela CASAN. Foto: Allan Carvalho/Cinemáquina

Além de São José, a Companhia também propôs investimentos para o tratamento de esgoto em Barra Velha (R$ 67 milhões), São Miguel do Oeste (R$ 62 milhões), Canoinhas (R$ 50 milhões), Braço do Norte (R$ 40 milhões), Pinhalzinho (R$ 33 milhões) e Passo de Torres (R$ 29 milhões).

Estações no litoral

A JICA tem investimentos de mais de R$ 570 milhões em cinco sistemas de esgotamento sanitário no litoral catarinense, com três deles já em operação. O primeiro SES executado foi o de Balneário Piçarras, inaugurado em 2020. O Sistema conta com uma rede de 36 km e uma estação de tratamento de vazão de 110 litros por segundo, atendendo 2550 unidades.

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

ETE de Balneário Piçarras, parte do Sistema de Esgotamento Sanitário da cidade inaugurado em 2020. Foto: Acervo CASAN

Em 2023, a CASAN inaugurou duas estações de tratamento com financiamento da JICA. Em agosto, foi inaugurada a ETE de Balneário Barra do Sul, no valor de R$ 72 milhões e com capacidade para atender 52% da população do Centro do município, que pode chegar a 17 mil habitantes no verão. Já em novembro, a Companhia inaugurou a ETE Ingleses, em Florianópolis. A obra recebeu investimento de R$ 132 milhões e aumenta em 5% a cobertura de tratamento de esgoto da capital, atendendo a 42 mil pessoas nos bairros Ingleses e Santinho.

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

ETE Balneário Barra do Sul, inaugurada em agosto. Foto: Acervo CASAN/Cinemáquina.

Atualmente, a JICA investe em duas outras estações de Florianópolis. Uma delas é a ETE João Paulo, parte integrante do SES Saco Grande, será inaugurada em fevereiro de 2024. Com orçamento de R$ 123 milhões, a estação vai atender os bairros João Paulo, Monte Verde, Saco Grande, Cacupé, Santo Antônio de Lisboa e Sambaqui, beneficiando 25 mil habitantes.

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Comitiva da JICA na ETE João Paulo, com inauguração prevista para fevereiro de 2024. Foto: Allan Carvalho/Cinemáquina.

A outra obra com investimentos da JICA é a da ampliação da ETE Insular, no Centro, com novos tanques e expansão das estruturas de tratamento. O investimento é de R$ 194 milhões, incluindo o assentamento de mais 52 km de rede coletora nos bairros Itacorubi, Parque São Jorge, Jardim Anchieta, Córrego Grande e Pantanal. A parte ampliada começa a operação em agosto de 2024 e os assentamentos finalizam até o início de 2025.

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Concretagem na ETE Insular. Foto: Acervo CASAN.

Fonte: Governo SC

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844

Veja Mais

Mais Lidas

RECEITAS