- PUBLICIDADE GOOGLE-

PAB será implantado na Câmara de Vereadores de São Miguel do Oeste

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Termo de compromisso entre Alesc e Câmara foi assinado nesta segunda-feira (4). FOTO: Tiarajú Goldschmidt/Câmara de Vereadores

Continua após o anúncio

O Programa Antonieta de Barros (PAB), que oferece vagas de estágio na Assembleia Legislativa a estudantes socioeconomicamente carentes, será implantando na Câmara de Vereadores de São Miguel do Oeste. O termo de compromisso entre o Legislativo municipal e o Parlamento catarinense foi assinado na manhã desta segunda-feira (4), em São Miguel do Oeste. A assinatura ocorreu na presença do diretor-geral da Alesc, Alexandre Fagundes; do presidente da Câmara, vereador Paulo Drumm, além de vereadores e servidores legislativos.

Desenvolvido há quase 20 anos pela Alesc, o PAB é uma política de ação afirmativa ao promover a inserção de jovens em situação de vulnerabilidade socioeconômica na relação de estágio remunerado no Poder Legislativo. São beneficiados estudantes entre 16 e 24 anos, que estão regularmente matriculados no ensino médio, técnico ou superior e têm renda familiar inferior a 2,5 salários mínimos regionais. O estágio tem duração de um ano, renovável por mais um. Desde seu lançamento, em 2004, mais de 500 jovens foram atendidos.

Continua após o anuncio

Para viabilizar a implantação do PAB, a Câmara de São Miguel do Oeste aprovou Lei Municipal 8.162/2023. Conforme a Assessoria de Comunicação do Legislativo local, serão oferecidas três vagas de estágio destinadas a jovens matriculados no ensino médio ou superior, com idade entre 16 e 24 anos, e com renda familiar inferior a 2,5 salários-mínimos.

Os candidatos vão passar por um processo seletivo. Os aprovados vão receber uma bolsa, cujo valor ainda será definido. O PAB local contará com o auxílio técnico, pedagógico e operacional da Escola do Legislativo.

Continua após o anúncio

“Quando damos a oportunidade para este jovem [em situação de vulnerabilidade], estamos salvando uma vida. Estamos salvando, talvez, aquele núcleo familiar e quebrando o ciclo de violência. Por isso este programa é de fundamental importância para todos nós, para que possamos fazer um pouco da nossa parte para contribuir para nossa sociedade”, afirmou o presidente da Câmara de Vereadores. “É uma oportunidade que daremos para que adolescentes tenham uma perspectiva de futuro e possam auxiliar aqui no Poder Legislativo”, acrescentou.

O diretor-geral da Alesc parabenizou a iniciativa dos vereadores de São Miguel do Oeste e destacou o impacto do programa. “Esse programa tem uma lógica de responsabilidade social muito grande”, disse Fagundes. É um projeto de estágio, mas um estágio diferente. Ele atinge jovens que têm vulnerabilidade social, hipossuficiência econômica.”

(Com informações da Assessoria de Comunicação da Câmara de Vereadores de São Miguel do Oeste)

Fonte: Agência ALESC

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844

Veja Mais

Mais Lidas

RECEITAS