Relatório final da CPI do Aborto será apresentado na próxima quinta-feira (15)

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

O deputado Ismael dos Santos (PSD), que preside a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) encarregada de apurar o caso da menina de 11 anos que teria sido vítima de estupro, anunciou que apresentará o relatório final no próximo dia 15. O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (8), em pronunciamento realizado na sessão plenária.

De acordo com o parlamentar, durante os 60 dias de trabalhos, a CPI do Aborto, como ficou conhecida, promoveu um intenso levantamento de informações, com pesquisas documentais e a realização de 15 oitivas, das quais resultaram um processo com mais de 100 páginas.

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Na ocasião, ele também elogiou a deputada Ana Campagnolo (PL), pela condução da relatoria dos trabalhos. “Nós estamos fazendo um relatório muito equilibrado, com bom senso. Não compete a nós julgar, acusar. Compete a nós, enquanto CPI, investigar e fazer os encaminhamentos necessários, em especial ao Ministério Público.”

Chuvas e cortes orçamentários
Ainda em seu pronunciamento, Ismael dos Santos afirmou que realizou uma vistoria em alguns municípios da região da Grande Florianópolis para apurar os prejuízos causados pelas fortes chuvas que atingiram recentemente o estado.

Em São João Batista, que teve cerca de 85% da sua área coberta pelas águas, a indústria e o comércio calçadista foram fortemente atingidos, disse, gerando grandes danos à base econômica local. Já em Santo Amaro da Imperatriz, a maior parte das perdas estavam ligadas à produção agrícola e à malha viária.

Em função disso, o parlamentar, que nas últimas eleições foi eleito deputado federal, assumiu o compromisso de em 2023 promover emendas ao orçamento da União para destinar recursos para a recuperação dos municípios. Ele também cobrou agilidade à Defesa Civil do estado no atendimento aos municípios.

Em outro ponto, Ismael também manifestou preocupação quanto à possibilidade de corte, pelo governo federal, de R$ 30 milhões na dotação destinada à Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senapred).

Segundo disse, o órgão já mantém um número reduzido de vagas destinadas ao tratamento de dependentes químicos no país, diante da demanda existente. Neste sentido, ele fez um apelo à equipe que assumirá a gestão do País no próximo ano.

“Quero fazer um apelo àqueles que estão aí nessa comissão de transição do governo para que olhem com carinho para os nossos dependentes químicos, porque talvez uma comunidade terapêutica seja a última esperança deles.”

Aniversário
Já o deputado Kennedy Nunes (PTB) tomou a palavra durante a sessão plenária para parabenizar o pastor Sérgio Melfior, que preside a Assembleia de Deus de Joinville, pela passagem do seu aniversário.

“Queríamos deixar registrado aqui nessa Casa o nosso carinho e respeito por essa grande liderança. Parabéns ao pastor Sérgio Melfior, que hoje completa mais um ano de vida.”

Fonte: Agência ALESC

Continua após a Publicidade