Saúde de Camboriú adere ao Setembro Amarelo

- PUBLICIDADE -

A Secretaria de Saúde de Camboriú, por meio do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), adere ao Setembro Amarelo e realizará diversas ações alusivas ao mês de prevenção ao suicídio. As salas de espera de todas as unidades de saúde do município se tornarão palco em que os profissionais da saúde abordarão a temática com os pacientes, além disso, também será disponibilizado tendas de acolhimento em pontos estratégicos da cidade.

O laço amarelo, símbolo deste mês tão importante, é o lembrete de que a cada dia que passa os índices de suicídio aumentam, e vários fatores podem contribuir para esse tipo de fatalidade. “O papel dos familiares no acolhimento é fundamental nesses casos. Uma abordagem calma, com abertura de fala e aceitação é uma boa forma de tratar do assunto com quem esteja precisando. Ouvir com paciência e cordialidade, e ter empatia com as emoções da pessoa fazem toda a diferença. Por isso, é preciso ficar atento, por exemplo: pessoas que apresentam comportamento retraído e que possam ter dificuldade para se relacionar com familiares e amigos, ou até em casos de alcoolismo, histórico familiar de suicídio, além de sentimentos negativos, acendem o alerta para possíveis indícios que essa pessoa necessita de apoio psicológico profissional”, alerta a psicóloga e coordenadora do NASF, Joyce de Almeida Cruz.

A coordenadora do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), Thalita Berlinck, alerta sobre alguns sinais que servem de alerta. “Ambivalência, quando estão divididos entre querer viver e ao mesmo tempo alcançar a morte; Impulsividade, quando ela pode cometer este ato por impulso, caso tenha tido um dia ruim, por exemplo; Rigidez, viver em função de achar que o fim de sua vida seja a solução para todos seus problemas”, explica.

Caso você esteja passando por problemas ou transtornos psicológicos, ou conheça alguém que passa por essa situação, não perca tempo. Compareça à uma Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua residência, ou ao Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), localizado na Rua Lauro Muller, nº 250, bairro Santa Regina. Ou se preferir, entre em contato com o Centro de Valorização da Vida (CVV) pelo 188, disponível 24 horas todos os dias.

Fonte: Prefeitura de Camboriú – SC