Naatz defende em Brasília manutenção da gestão pública municipal do porto de Itajaí


O deputado Ivan Naatz (PL) representou a Assembleia Legislativa catarinense, nesta terça-feira (26), em Brasília, na audiência pública da Comissão de Infraestrutura do Senado Federal para debater o processo de privatização total do Porto de Itajaí. Naatz, que também integra a Comissão Mista criada na Alesc para acompanhar os projetos de desestatização dos portos catarinenses, defendeu a permanência da Autoridade Portuária Pública Municipal à frente do Porto de Itajaí por ser um modelo que vem dando resultados econômicos positivos e tem aprovação da comunidade local e regional.

“A Assembleia Legislativa de Santa Catarina também já tem posição oficial firmada ao aprovar uma moção de apoio a este modelo, de nossa autoria, e que também já foi encaminhada ao Congresso Nacional, incluindo o Fórum Parlamentar Catarinense na Câmara Federal e à Presidência da República”, declarou Naatz em depoimento durante a audiência pública, que foi convocada pelo senador Esperidião Amin (PP/SC).

O projeto de governo federal que prevê a privatização da gestão do Porto de Itajaí vem sendo acompanhado pela prefeitura e Câmara de Vereadores local, bem como por entidades empresariais e sindicatos de trabalhadores, além de representantes da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), assim como a bancada federal, que tem mantido diálogo com as autoridades do Ministério da Infraestrutura com o objetivo de conservar a Autoridade Portuária no complexo, cuja renovação vence em janeiro de 2023.

Comunicação Gabinete
 

Comente com o Facebook