Trabalho sobre UTI do Ruth Cardoso estará em Congresso Internacional de Políticas Públicas

    As acadêmicas de enfermagem, Jeane Cristina Ramos e Patricia Daiana de Andrade apresentarão o resumo do trabalho “Política nacional de humanização: um olhar sobre a UTI Neonatal”, no Congresso Internacional de Políticas Públicas que ocorrerá de quarta a sexta-feira (23 a 25), na Universidade do Vale do Itajaí, campus Itajaí. O congresso visa levar a reflexão sobre as atuais inovações voltadas para as políticas públicas, a saúde, direito, educação e meio ambiente.

    O artigo busca compreender a importância do acolhimento e a inserção da família no cuidado do paciente em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), por meio de relatos de experiências dos estagiários de enfermagem do Hospital Municipal Ruth Cardoso (HMRC). “O objetivo de abordar esse tema é porque pretendemos mostrar que a UTI não é um ambiente frio, hostil e repleto de tecnologias duras, mas sim um lugar onde praticamos o amor, acolhimento e humanização”, afirma a acadêmica, Jeane Cristina Ramos.

    Segundo a análise realizada pelas acadêmicas, os profissionais efetuam uma assistência de enfermagem por meio de atitudes humanísticas com afeto e respeito, o que proporciona cuidado focado no paciente e em seus familiares. “É importante usar este congresso para transmitirmos o valor da humanização na UTI. Estamos em um momento difícil na área da saúde e quando existem coisas boas a serem demonstradas, estas devem ser feitas, seja por colaboradores, ou até mesmo estudantes como nós”, declara a acadêmica, Patrícia Daiana de Andrade.

    Comente com o Facebook