- PUBLICIDADE GOOGLE-

Prefeitura de Joinville reconhece empenho dos profissionais das Forças de Segurança

Na manhã desta sexta-feira (12), o prefeito Adriano Silva recebeu representantes de Forças de Segurança que atuam em Joinville para um balanço referente aos números registrados em 2023.

Os dados analisados apresentaram grandes reduções em relação a 2022, incluindo o número de roubos e furtos. Os casos de tráfico de drogas e estupros também caíram. O número de mortes violentas registrado em Joinville está 60% abaixo da média nacional.

Continua após o anúncio

“Esse é um trabalho permanente que é feito sempre em conjunto. Eu agradeço muito aos heróis das nossas Forças de Segurança, que cuidam de cada joinvilense com o mesmo zelo que cuidam de suas próprias famílias”, elogia o prefeito Adriano Silva.

Participaram da reunião representantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Militar Ambiental, Polícia Científica, Polícia Penal, Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville, Corpo de Bombeiros Militares, Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) e da Secretaria de Proteção Civil e Segurança Pública (Seprot), incluindo Guarda Municipal, Agentes de Trânsito e Defesa Civil.

Continua após o anuncio

“Somos uma equipe diferenciada, prova disso é essa união das Forças de Segurança, que conseguimos entregar um bom resultado para o cidadão”, observa o coronel Márcio Leandro Reisdorfer, comandante do 5º Comando Regional de Polícia Militar.

“A harmonia que temos entre as Forças de Segurança no dia a dia é muito importante e fundamental para reduzir o índice de criminalidade”, concorda o delegado Rafaello Ross, delegado regional de Polícia Civil.

Continua após o anúncio

“Esse resultado só foi possível porque atuamos de forma coordenada, respeitando o trabalho de cada grupamento”, reforça Paulo Rogério Rigo, secretário da Seprot.

A partir da próxima semana, a Prefeitura de Joinville irá veicular uma campanha de reconhecimento aos profissionais que atuam em todas as Forças de Segurança, como forma de agradecimento pela dedicação de cada um.

Evolução de 2023 em comparação a 2022

No que se refere a roubos em geral, foi registrada uma queda de 42% no ano de 2023 em comparação a 2022, totalizando 361 casos. Houve também redução de 42% no roubo a veículos, 7% no roubo a residências, 37% no roubo a comércios e 30% no roubo a pessoas.

Em relação a furtos, foi registrada uma queda de 52% no ano de 2023, em comparação a 2022, totalizando 1351 casos. Houve também redução de 26% no furto a veículos e 10% no furto a residências.

A Guarda Municipal aumentou em 80% o número de conduções realizadas em 2023, comparadas a 2022. Foram 298 pessoas conduzidas a partir de espaços públicos, das quais 33 já possuíam mandado de prisão em aberto.

Os casos de tráfico de drogas tiveram queda de 30% e o registro de estupros caiu 22%. Nenhum caso de latrocínio, que é o quando são aliados os crimes de roubo e morte, foi registrado em Joinville no ano de 2023.

O índice de mortes violentas de Joinville está 60% abaixo da média nacional. Em 2023, a taxa foi de 9,57 casos a cada 100 mil habitantes. Em nível nacional, a taxa é de 23,4 mortes por 100 mil habitantes.

Todos os dados foram obtidos dos registros oficiais das Forças de Segurança que atuam na cidade.

Fonte: Prefeitura de Joinville SC

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844

Veja Mais

Mais Lidas

RECEITAS