Continua após a Publicidade

Investimentos para melhorias da rede elétrica das escolas para instalação de equipamentos eletrônicos e aparelhos de ar-condicionado é uma das prioridades do Governo do Estado. Um diagnóstico realizado pela Secretaria de Estado da Educação (SED) no primeiro mês de trabalho constatou que cerca de 700 escolas apresentam uma rede elétrica deficitária, o que significa que apenas 17% das unidades estão com infraestrutura elétrica adequada.

No almoxarifado da SED, por outro lado, há equipamentos como lousas digitais, computadores e notebooks, que não podem ser instalados nas escolas devido à estrutura física das unidades.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

O secretário da Educação, Aristides Cimadon, explica que a prioridade da instituição inicialmente é iniciar a recuperação da rede elétrica nas escolas para receber equipamentos tecnológicos e climatizadores, pensando na qualidade de ensino. “Nos deparamos com o almoxarifado com uma quantidade imensa de materiais. Infelizmente, constatamos que não podemos instalá-los, pois as escolas não possuem infraestrutura elétrica adequada para instalação. Por isso, temos dificuldade de encaminhar para as escolas”. O secretário complementou que a formação de professores para utilização de equipamentos também está sendo organizada pela Secretaria.

Para recuperação e reforma das escolas, a SED trabalha em projetos de adequação estrutural e de acessibilidade. Há processos licitatórios em andamento e contratos em execução para sanar questões estruturais mais urgentes nas unidades escolares. Há também uma licitação em andamento, dividida em duas etapas, para contratação de projetos e execução das redes elétricas.

Equipamentos serão distribuídos às escolas

Os equipamentos eletrônicos que estão no almoxarifado da SED para serem distribuídos às escolas, ultrapassam o valor de R$ 49 milhões. Ao todo, são mais de 3,7 mil lousas digitais, que necessitam de uma contratação específica para serem instaladas; cerca de 4 mil mini computadores de uso exclusivo das escolas e mais de 11 mil notebooks, que serão distribuídos aos professores efetivos e também para uso exclusivo em todo espaço escolar.

Mais informações para a imprensa:
Fernanda Kleinebing
Assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Educação
(49) 9 9948 9279

Fonte: Governo SC

Continua após a Publicidade