Atrações do Natal de Joinville contam com audiodescrição

Continua após a Publicidade

A Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult), implementou audiodescrição em cinco espaços do Natal de Joinville. A ação foi realizada na Vila do Papai Noel (Praça Dario Salles), Pista de patinação no gelo (Ginásio Abel Schulz), Travessa Bachmann, Vila da Neve (Praça da Bandeira) e Praça Nereu Ramos (onde está o carrossel).

A audiodescrição, escrita pelo professor Osmar Pavesi e produzida pela equipe da Rádio Joinville Cultural FM 105,1, narra quais são as atrações disponíveis nesses ambientes e como acessá-las. Além disso, descreve com detalhes a decoração dos espaços, proporcionando às pessoas com deficiência visual uma imersão à magia natalina que irradia desses locais.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Periodicamente, o sistema de som dos quatro espaços leva ao ar a audiodescrição. O conteúdo também é veiculado dentro da programação de músicas natalinas que toca nesses ambientes.

“Desde o ano passado, na primeira edição do Natal de Joinville, percebemos a presença de um número significativo de pessoas com deficiência visitando os espaços do evento. Neste ano, conversamos com representantes de entidades relacionadas aos PCDs aqui de Joinville para planejar ações ainda mais inclusivas e temos trabalhado nelas desde o primeiro dia do evento”, explica a diretora executiva da Secult, Francine Olsen.

Francine cita como exemplo a Sala de Acolhimento, situada na entrada do Ginásio Abel Schulz. No local, as pessoas com deficiência têm um espaço reservado para descansar, buscar informações (incluindo audiodescrição) e receber as pulseiras de identificação para ter acesso aos locais de forma prioritária. Além de banheiros adaptados. Os profissionais que trabalham nas atrações do Natal de Joinville também receberam capacitação.

“A inclusão, atualmente, é mais que importante, ela é imprescindível. Não é mais possível admitir que as pessoas passem por constrangimentos e sintam-se tristes e desamparadas porque querem participar de alguma atividade. A gratuidade de acesso ao Natal de Joinville é justamente um convite para que todos se sintam bem-vindos. A intenção é proporcionar alegria às famílias, evocar o espírito natalino de esperança, compaixão e empatia, e ninguém deve ficar de fora”, pontua a diretora.

Fonte: Prefeitura de Joinville

Continua após a Publicidade