Deputado pede liberação temporária do pedágio em Garuva

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

O deputado Sargento Lima (PL) pediu que seja suspensa temporariamente a cobrança de pedágio na BR-101, posto de Garuva, enquanto houver o trabalho intenso para resgate de vítimas e de restauração da rodovia, danificada pela enxurrada.

Ele encaminhou ofício ao presidente da Associação Melhores Rodovias do Brasil, Marco Aurélio Barcelos, solicitando que a entidade interceda junto à Arteris Litoral Sul para que se busque uma alternativa para liberar provisoriamente os usuários.

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Sargento Lima argumenta que a sociedade civil organizada, órgãos estaduais e municipais da Defesa Civil, Segurança Pública, além de voluntários, estão se deslocando constantemente pelo trecho pedagiado para socorrer as pessoas ou desobstruir a BR-101 perto da divisa entre Santa Catarina e Paraná.

Antes desta iniciativa, o parlamentar havia pedido à Assembleia Legislativa que destinasse R$ 10 milhões de sua sobra orçamentária para auxiliar a Defesa Civil na ajuda às vítimas. Hoje, a Mesa da Alesc anunciou a liberação de R$ 5 milhões.

Fonte: Agência ALESC – Gabinetes

Continua após a Publicidade