Governo do Estado assina Ordem de Serviço para projeto de dragagem do Rio Camboriú

Continua após a Publicidade

Foi assinada nesta terça-feira, 29, a Ordem de Serviço para a elaboração de estudos de reconhecimento, viabilidade técnica, elaboração de projetos e relatórios necessários para execução da dragagem da foz e dos braços do Rio Camboriú. O investimento será de R$ 126,7 mil.

De acordo com o secretário da Infraestrutura e Mobilidade, tenente-coronel Thiago Vieira, durante a elaboração do projeto serão realizados a batimetria e topobatrimetria para levantamento dos dados sobre as calhas dos rios, dados de vazão, intrusão da água do mar, níveis de marés, mata ciliar e fauna e flora aquática e terrestre. 

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

“Após a elaboração do projeto e dos estudos teremos conhecimento de todo o trecho do rio e será possível determinar em qual local poderá ser feito os trabalhos de dragagem”, explicou.

O trecho a ser estudado deverá contemplar da foz até o barramento onde fica a tomada d’água para captação e tratamento para abastecimento dos municípios de Camboriú e Balneário Camboriú, numa extensão aproximada de 8,5 km.

Para o prefeito de Camboriú, Elcio Rogério Kuhnen, esse é um grande momento de transformação e de desenvolvimento econômico para o município, “O Rio Camboriú nada mais é do que a origem do nosso povo, é o nosso maior patrimônio. Essa obra é de extrema importância para a nossa cidade e eu agradeço o Governo do Estado por estar tornando esse sonho realidade”, comemorou.

O prazo para conclusão dos trabalhos é de 120 dias.

Fonte: Governo SC

Continua após a Publicidade