Ex-prefeito Santos Zilli recebe homenagem de Altair Silva

- PUBLICIDADE -

A noite de homenagens na Assembleia Legislativa rendeu ao ex-prefeito de São Lourenço do Oeste e Novo Horizonte, Santos Zilli, a honraria da Comenda do Legislativo Catarinense. A solenidade ocorreu nesta segunda-feira (21), no Plenário da Alesc, em Florianópolis.

Seu Santo Zilli,recebeu em mãos a Comenda do deputado Altair Silva (PP), parlamentar que o indicou para receber a homenagem. “Temos muitas lideranças, sejam da iniciativa privada ou política que merecem essa honraria. Mas não podia deixar de homenagear esse homem, que tanto fez pela região oeste, em especial, São Lourenço do Oeste e Novo Horizonte. Ele é uma grande liderança do nosso partido. Não tem um PDS de Santa Catarina que não conheça a história ou ouviu falar força de vontade e de trabalho desse homem, que mesmo com 87 anos, parece um guri e está sempre disposto a ajudar”, disse Altair.

- PUBLICIDADE -

Um pouco da história do seu Santos
Santos Zilli nasceu 29 de outubro de 1935 em Urussanga, filho de Pedro e Maria. Em 1953 ajudou na emancipação de Siderópolis e em 1957 de Lauro Muller. Em 1954 casou-se com Ursula Martignago, sua companheira até os dias de hoje. Em 1965 mudou-se para a comunidade de Novo Horizonte, em São Lourenço do Oeste. Foi sócio-fundador da Rádio Doze de Maio e da Ferragem Zilli. Além disso, ocupou o cargo de vereador em São Lourenço do Oeste por dois mandatos e foi vice-prefeito de Cairu Hack em 1982, assumindo como prefeito nos últimos dois anos do mandato.

Sempre presente na comunidade, seu Santos Zilli liderou a emancipação de Novo Horizonte, e em 1993 foi eleito o primeiro prefeito do município. O progressista voltou a disputar eleições e retornou ao cargo de prefeito de Novo Horizonte, em 2008. Além de sempre estar ativo na política, ele atuou em diversas entidades e causas sociais. Zilli é o penúltimo de uma família de 11 irmãos, é pai de seis filhos: Jaci, Janor, Ivo, Inês, Sabino e Sadi, tem 12 netos e 11 bisnetos. E tem como hábito diário a leitura. Sua marca registrada é o “chapéu preto”, uma tradição que começou com seu pai, agora levada adiante por um dos seus bisnetos. Deixa como legado uma frase “não paro, porque se parar fico velho”.

Vinicius Eduardo Schneider
Assessoria de Imprensa
Deputado Altair Silva
(49) 9 9936-0077
(49) 9 98884-2997

Fonte: Agência ALESC – Gabinetes