Dos recursos devolvidos pela Alesc, R$ 8 mi vão para Hospital de Chapecó

- PUBLICIDADE -

Dos recursos que serão devolvidos pelo Poder Legislativo ao Executivo em 2022, R$ 8 mi serão carimbados para o Hospital Regional de Chapecó, segundo informou o vice-presidente da Casa durante a sessão de terça-feira (25) da Assembleia

“Hoje na reunião da Bancada do Oeste tratamos de alguns assuntos, entre eles repasse de recursos para o Hospital Regional de Chapecó, que enfrenta dificuldades. O Hospital solicitou R$ 50 mi, que é o que está em aberto. Como haverá devolução de recursos para o governo, ficou acertado que R$ 8 mi a serem devolvidos serão carimbados para o Hospital Regional do Oeste”, anunciou Maurício Eskudlark (PL).

- PUBLICIDADE -

De acordo com o parlamentar, também se discute carimbar recursos para os hospitais Marieta Konder Bornhausen, de Itajaí; Ruth Cardoso, de Balneário Camboriú; e Hans Dieter Schmidt, de Joinville.

Eskudlark ainda sugeriu aos colegas destinar R$ 50 mi dos recursos devolvidos pelo Legislativo para impedir a paralisação das obras da BR-163, no Extremo Oeste, haja vista os ajustes orçamentários que ocorrem nos fins dos exercícios financeiros.

“Também apresentei a sugestão de mais R$ 50 mi do estado que poderão estar nos recursos devolvidos pela Assembleia para que a gente possa atender a demanda da rodovia. Agora no final do ano podemos ter alguma dificuldade e seria lamentável a paralisação e qualquer entrave na obra”, justificou.

Dia do servidor público
Padre Pedro Baldissera (PT) homenageou os trabalhadores públicos pela passagem do Dia do Servidor Público, comemorado na próxima sexta-feira (28).

“Quero realçar o trabalho de servidores e servidoras de todos os segmentos e entidades que se colocam à serviço da população. É o momento de reconhecimento deste trabalho digno e importante, continuem com esse espírito de atendimento, é através da doação e do trabalho que conseguiremos transformar a sociedade”, afirmou Padre Pedro, que elogiou a representação dos servidores da Casa pelas atividades desenvolvidas alusivas à data.

Eskudlark também saudou os servidores e Kennedy Nunes (PTB), que presidiu a sessão, parabenizou os servidores públicos e as entidades que os representam em nome da Mesa Diretora.

De olho na Secretaria da Saúde
Ivan Naatz (PL) informou que a Bancada do PL está de olho nas ações da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

“Estamos acompanhando e fazendo um alerta para essa movimentação que acontece na SES para gastar R$ 1 bi em contratos nos próximos dias. Está sendo observada passo a passo e não vamos permitir nenhuma forma de se aproveitar dos últimos dias de governo para fazer contratos espúrios de um governo que já acabou”, avisou Naatz, referindo-se à construção de um complexo hospitalar.

Eskudlark concordou com o colega e classificou como absurda a discussão sobre um novo hospital e citou o caso do Hospital Infantil Joana de Gusmão, de Florianópolis, que busca, através de rifas e doações, abrir mais cinco leitos.

Fonte: Agência ALESC