Roberto Jefferson resiste a prisão e atira contra agentes da PF; Bolsonaro repudia atitude

- PUBLICIDADE -

O ex-deputado Roberto Jefferson (PTB) atirou e jogou duas granadas contra agentes da Polícia Federal (PF) e deixou dois feridos na casa onde mora neste domingo, dia 23. Localizada em Levy Gasparian, no Rio de Janeiro, Jefferson compartilhou o momento que os agentes chegam na casa e posteriormente um vídeo com o carro baleado. Veja o vídeo:

- PUBLICIDADE -

De acordo com o portal Metrópoles, os agentes da PF estavam cumprindo um mandado de prisão expedido pelo ministro Alexandre Moraes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e menbro do Superior Tribunal Federal (STF). Jefferson recentemente divulgou ataques à Corte, ao sistema eleitoral e a ministra Cármem Lúcia. Os agentes foram feridos por estilhaços provenientes da explosão das granadas e já tiveram alta do hospital. Jefferson ainda não se entregou à polícia.

O presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), o qual é apoiado por Jefferson, condenou a atitudo do ex-parlamentar: