“Responsabilidade com a mulher será multiplicada no próximo mandato”

- PUBLICIDADE -

É fato: Das 40 cadeiras, apenas três serão ocupadas por mulheres na próxima legislatura na Assembleia Legislativa de Santa Catarina.  A deputada Paulinha ( Podemos) lamentou esse retrocesso no Parlamento catarinense para a representatividade feminina, mas, no entanto, deixou claro que a causa das mulheres será advogada, por ela, com muito mais comprometimento e empenho. “ A nossa responsabilidade com as mulheres catarinenses será multiplicada”, assegurou,  deixando claro que no próximo mandato, será ainda mais combativa às pautas femininas. 

“Nosso mandato vai dar ainda mais luz a essa causa, buscando respostas e soluções. Para isso, vamos construir pontes com os parlamentares homens”, assegurou Paulinha, destacando que a violência contra a mulher será enfrentada com determinação. “Não podemos mais testemunhar casos como o de uma jovem que foi espancada pelo companheiro porque não lavou a louça suja na pia. Isso é intolerável”, afirmou.

- PUBLICIDADE -

A Bancada Feminina perdeu três cadeiras na próxima legislatura, passando de cinco para três mulheres parlamentares. Neste caso, apenas ela e a deputada Luciane Carminatti (PT), que integram a atual Bancada Feminina, defendem as pautas femininas.

Valquiria Guimarães
Assessoria de Comunicação
Deputada Paulinha
048 991047676

Fonte: Agência ALESC – Gabinetes