Fiscais de partidos e federações partidárias atuam desde cedo

- PUBLICIDADE -

Participantes tradicionais dos dias de eleição, os fiscais de partidos e federações partidárias também iniciaram cedo as atividades neste dia 2 de outubro. Em Florianópolis, por volta das 9 horas, um deles denunciou a presença de uma bandeira de um candidato afixada diante do Instituto Federal de Educação (IFSC).

Vitor Prudêncio, que atua como fiscal da Federação Psol/Rede, notou o material de propaganda no outro lado da Avenida Mauro Ramos, na frente da entrada para a unidade de ensino, onde estão 18 sessões eleitorais. “Aquela bandeira é uma propaganda e isso é proibido. Fiz a denúncia para os policiais que estão trabalhando aqui, mas eles disseram que só podem tomar alguma atitude se forem acionados pelo TRE”, citou.

- PUBLICIDADE -

O fiscal procurou então os servidores da Justiça Eleitoral, que foram até a parte externa do IFSC para avaliar a situação. Um deles fotografou a bandeira e, após contato com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SC), informou que o fato não configura uma infração. De acordo com o representante do TRE-SC a irregularidade só existiria se houvesse um número maior de bandeiras. Os fiscais destacaram que, para tirar este e outros tipos de dúvidas, a população pode ligar gratuitamente para o telefone 0800-647-3888.

Fonte: Agência ALESC