Toquinho apresenta-se na Praça da Igreja Matriz com a participação de Ricardo Pauletti

- PUBLICIDADE -

O compositor, cantor e violonista Toquinho realiza show nesta quarta-feira (07) no 24º Festival de Música de Itajaí. A apresentação será às 20h30, no Palco Elza Soares (Praça da Igreja Matriz), com a participação de Camilla Faustino e do violonista itajaiense Ricardo Pauletti. A programação do evento neste feriado inicia com workshop sobre composição “Alinhamento”, com Vê Domingos. À tarde, ocorrem as oficinas musicais e, às 19h, tem o espetáculo “Da Cor do Canto”, no Palco Arthur Maia (Praça Arno Bauer).

Antonio Pecci Filho (Toquinho) nasceu em São Paulo. Teve aulas com Paulinho Nogueira (primeiros e principais acordes), Isaías Sávio (violão erudito) e Léo Peracchi (orquestração). Gravou 85 discos, compôs mais de 500 músicas e fez cerca de 10 mil shows pelo Brasil e pelo exterior. Tem como principais parceiros: Vinicius de Moraes, Chico Buarque, Jorge Ben Jor, Paulinho da Viola, Francis Hime, Mutinho, Carlinhos Vergueiro, Gianfrancesco Guarnieri, Elifas Andreato, Paulo César Pinheiro. Suas maiores influências são Baden Powell, Edgard Gianullo e Oscar Castro Neves.

Suas composições mais representativas são “Aquarela”, “Tarde em Itapuã”, “Que maravilha”, “Regra três”, “Escravo da alegria”, “O caderno”, “A casa”, “O pato”, “Na tonga da mironga do kabuletê”, “Samba de Orly”, “Carta ao Tom 74”, “Cotidiano n.º 2”, “Samba pra Vinicius”, “Canção pra Jade” e “Carolina Carol bela”.

Com 50 anos de carreira, Toquinho prossegue em seus projetos mostrando técnica e sensibilidade em sua aquarela de sons e harmonias, que conquistam plateias de todas as idades.

Participações especiais

Camilla Faustino é considerada uma das mais belas vozes da “Nova MPB”. Parceira de palco de Toquinho, a goiana vem surpreendendo pela sua facilidade de transitar por diversos estilos musicais, sempre imprimindo a sua identidade. Seu último álbum “Bossa, sempre Bossa”, uma homenagem aos 60 anos de Bossa Nova, foi indicado ao Grammy Latino.

Já Ricardo Pauletti é violonista, compositor e arranjador. Estudou violão erudito no Brasil e na Espanha e, posteriormente, passou a dedicar-se ao choro e ao violão de sete cordas, transitando entre o popular e o erudito. Ele já se apresentou em diversas cidades do Brasil, América Latina e Europa, em importantes salas, instituições e festivais. É graduado em Música pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali), mestre e doutorando em Música pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). Atua como professor de violão, arranjo, prática de choro e prática de conjunto, desde 2009, e é coordenador pedagógico do Conservatório de Música Popular de Itajaí Carlinhos Niehues desde 2017.

Da Cor do Canto

O movimento Da Cor do Canto é liderado por Cassiani Tasca (voz) e Rafaelo de Goes (violão) e tem a produção musical de Elieser de Jesus. A banda aposta em um trabalho ancorado na MPB com nuances da sonoridade do pop. Além das músicas autorais, o show conta com intervenções poéticas, momentos da palavra falada em meio às canções.

Área coberta e estrutura

Tanto na Praça da Igreja Matriz quanto na Praça Arno Bauer há cadeiras disponíveis para o público, além de área coberta. O espaço entre a Casa da Cultura e o Museu Histórico tem banheiros químicos e espaço área gastronômica com food trucks que funcionam das 11h às 22h. No feriado, haverá ainda Jam Session no Mercado Público, a partir das 22h.

Confira a programação do 24º Festival de Música de Itajaí neste feriado:

07/09 (quarta-feira)
10h – Workshop Alinhamento (Processo criativo / composição) – Vê Domingos – Palco Fernando das Neves (Pátio da Casa da Cultura)
19h – Da Cor do Canto – Palco Arthur Maia (Praça Arno Bauer)
20h30 – Toquinho com a participação de Ricardo Pauletti – Palco Elza Soares (Praça da Igreja Matriz / Acessibilidade em Libras)
22h – Jam Session – Abertura com grupo oficial da jam – Mercado Público

Confira a programação completa, 100% gratuita, e mais detalhes do evento em www.festivaldemusicaitajai.com.br

Fonte: Prefeitura de Itajaí