Prefeitura de Joinville inaugura Centro de Educação Infantil no bairro Iririú

- PUBLICIDADE -

Nesta segunda-feira (5/9), a Prefeitura de Joinville inaugurou o Centro de Educação Infantil Professora Zelândia Thomazi Bratti, no bairro Iririú. A unidade foi instalada no imóvel onde funcionou o CEI Sesi Leste até junho de 2022, quando foi adquirido pela Secretaria de Educação, em um investimento de R$ 1,7 milhão.

O novo Centro de Educação Infantil da Rede Municipal possui 1.120 metros quadrados, dividido em 12 salas, biblioteca, refeitório, cozinha, pátio coberto, parque infantil, horta e pomar.

O evento de inauguração contou com a presença do prefeito Adriano Silva, da vice-prefeita Rejane Gambin, do secretário de Educação, Diego Calegari, entre outras autoridades.

Até o fim do período letivo de 2022, a unidade irá atender as crianças que já estavam matriculadas na instituição enquanto são realizadas adaptações e obras de manutenção na estrutura do imóvel. As matrículas para alunos novos será realizada para atendimento a partir de 2023, com a expectativa de atender mais de 300 crianças de 4 meses a 5 anos de idade.

“Vamos trabalhar com a capacidade máxima que a unidade comporta, como mais um esforço para zerar a fila na Educação Infantil. É muito importante investirmos na primeira infância e este CEI já está com a equipe altamente capacitada para atender nossas crianças”, afirmou o prefeito Adriano Silva.

Também estavam presentes no evento de inauguração os familiares da professora Zelândia, que dá nome ao CEI. A educadora faleceu em maio de 2022, aos 72 anos.

“Minha mãe veio para Joinville nos anos 70 e plantou a semente da educação para formar cidadãos. O colégio começou com uma sala de ensino profissionalizante e foi crescendo. O Iririú é o bairro que a nossa mãe escolheu com nosso pai para fundar seu colégio e temos certeza que ela ficaria muito orgulhosa de saber que agora um Centro de Educação Infantil daqui está recebendo o nome dela, como forma de perpetuar seu legado”, afirmou o filho mais velho, George Thomazi Bratti.

Quem foi Zelândia Thomazi Bratti

Zelândia Thomazi Bratti fez parte de uma família de educadores. Sua mãe foi sua professora em uma classe multisseriada no município de São João Batista. Completou os estudos em um internato e, em seu baile de formatura do colegial, conheceu Tarcísio Bratti, com quem se casou e teve três filhos: George, Rafael e Elisa.

Juntos, Zelândia e Tarcísio iniciaram o Colégio Santo Antônio nas salas de catequese na Igreja São Sebastião. Atualmente, a instituição oferece da Educação Infantil ao Ensino Superior.

Diagnosticada com Esclerose Lateral Amiotrófica, nos últimos 15 anos ela viveu as consequências dessa doença, que a deixou sem fala, coordenação motora e sem os movimentos do corpo. Mas isso nunca a levou a parar de viver: apaixonada por literatura, ela passou a dedicar-se à escrita, comunicando-se por meio dos olhos, soletrando letra por letra do alfabeto.

Assim, e também por meio do computador, escreveu sete livros, entre coletâneas de poemas e histórias infantis. Suas obras sempre tratavam da paixão pela vida e pelo mundo. Em 2014, recebeu a Medalha de Mérito Mulher Cidadã Joinvilense, pela Câmara de Vereadores.

Fonte: Prefeitura de Joinville