Chapecó lança programa de Apadrinhamento Afetivo

- PUBLICIDADE -

O Programa de Apadrinhamento Afetivo, promovido pela Secretaria de Assistência Social, foi lançado na manhã desta segunda-feira, no auditório da Prefeitura de Chapecó.

De acordo com a Secretária de Assistência Social (SEASC), Elisiani Sanches, o objetivo do programa é prestar um apoio afetivo para crianças e adolescentes que estão acolhidas no Abrigo Municipal, Casa Lar ou famílias acolhedoras, e que tem chances remotas de adoção.

“Pedimos que aquelas pessoas que querem oferecer carinho, amor, para que participem, pois por mais que nossas equipes ofereçam uma boa acolhida e atendimento, não é a mesma coisa que um afeto espontâneo de um padrinho ou madrinha”, disse a secretária.

A coordenadora do programa, Franciane Bortoli, disse que este projeto já vem sendo gestado há um bom tempo, inclusive com duas pessoas que já fizeram o apadrinhamento, mas que agora é o lançamento oficial do projeto, que também será encaminhado para a Câmara de Vereadores, para que se torne uma lei.

“O padrinho afetivo será a pessoa que vai visitar a criança ou adolescente, que levará para passear, que poderá levar para uma viagem de férias, desde que autorizado pelas Justiça e com o aval da promotoria. Também tem uma modalidade de apadrinhamento provedor, que poderá dar suporte financeiro para cursos, escola e atividade esportiva do apadrinhado”, disse Franciane.

A professora universitária Raquel Quadros há pouco mais de um mês começou a participar do programa, sendo que já realizou quatro visitas nos finais de semana, para uma menina de nove anos, que está numa Casa Lar. A menina está acamada pois sofre de uma doença degenerativa e só pode passear de cadeira de rodas.

Raquel contou que conheceu a menina em 2018, quando orientou um Trabalho de Conclusão de Curso de uma aluna.

“Lá já plantei uma sementinha, depois voltei a revê-la em 2020, por contato de uma amiga. Participar deste projeto está sendo a experiência mais ressignificante da minha vida. Ela somente se comunica com os olhos e cada encontro é único. É um exemplo de amor ao próximo que estou passando para os meus filhos e espero que inspire também outras pessoas”, disse Raquel.

O prefeito de Chapecó, João Rodrigues, parabenizou a iniciativa e convidou para que mais pessoas participem.

“Que as pessoas possam levar carinho para estas crianças, visitando, levando um presente, um bolinho e assim a vida vai melhorando”, concluiu o prefeito.

A primeira dama, Fabiana Rodrigues, também participou do ato, além da equipe da SEASC e representantes da sociedade. Os interessados podem entrar em contato com a Secretaria de Assistência Social, pelo telefone 3329-3572, ou pelo e-mail [email protected]

Fonte: Prefeitura de Chapecó SC