Alesc sedia workshop para profissionais das Centrais de Penas e Medidas Alternativas

- PUBLICIDADE -

A Assembleia Legislativa sedia, entre os dias 30 e 31, a primeira edição do Workshop para os Profissionais das Centrais de Penas e Medidas Alternativas do Estado de Santa Catarina (CPMAs). O evento, que acontece no Plenarinho Deputado Paulo Stuart Wright, é promovido pelo Observatório da Violência contra a Mulher (OVM-SC), Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa, e Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), contando com o apoio da Federação Catarinense de Municípios (Fecam).

Conforme a coordenadora operacional do OVM-SC, delegada Cláudia Regina Bernardi da Silva, a proposta é qualificar os psicólogos e assistentes sociais que atuam nas 11 CPMAs que integram a Superintendência de Penas Alternativas e Apoio ao Egresso, do Departamento de Polícia Penal.

Outro objetivo visado é promover o debate com homens que já foram condenados por atos como lesão corporal dolosa, injúria e difamação, contra mulheres no ambiente doméstico. “Uma das penalidades estabelecidas pela Justiça para os autores destes crimes é a participação nesses grupos reflexivos, em que profissionais trabalham a violência, sua razão, sua existência, para evitar que esses homens voltem a praticá-la”, explica.

De acordo com ela, a medida tem apresentado bons resultados, tendo em vista que 90% dos autores de violência doméstica não voltam a reincidir nos atos. “Daí a importância desse trabalho, que é sério e voltado à conscientização do homem de que essa violência não é banal, não pode acontecer.”

O workshop também marca a passagem do Agosto Lilás, mês dedicado à conscientização pelo fim da violência contra a mulher. Nos dois dias de atividades estão programadas palestras sobre temas como Lei Maria da Penha, violência de gênero e rede de acolhimento às mulheres vítimas de violência.

Programação

Terça-feira (30)

13h15 – Solenidade de abertura

Desembargadora Cinthia Beatriz da Silva Bittencourt Schaefer – Grupo de

Monitoramento e Fiscalização do Sistema Prisional – GMF/TJSC

Edemir Alexandre Camargo Neto – Secretário de Estado da Administração

Prisional e Socioeducativa

Teresa Kleba Lisboa – Coordenadora do comitê gestor do OVM

Sisi Blind – Diretora Executiva da Fecam

Janete Grobe do Prado Bott – SEPAE/SAP

13h30 – A Lei Maria da Penha e sua aplicação

Palestrante: Defensora Pública Dra. Anne Teive Auras

Mediadora: Roana Assis de Assis – Assistente Social da Sepae

14h – Compreendendo a violência de gênero

Palestrantes:

Dr. Adriano Beiras – Professor Universidade Federal de Santa Catarina

Dra. Ana Laura Tridapalli – Professora do curso de Psicologia da Universidade

Estácio de Sá

Daniel Fauth – Psicólogo e Doutorando em psicologia UFSC

Mediadora: Wanderlea Maria Machado – Psicóloga Sepae

16h30 – Direitos humanos, igualdade de Gênero/Rede de acolhimento e

promoção da cidadania.

Palestrantes:

Débora Nunes Barbosa – Gerente de Políticas para Mulheres e Direitos Humanos (SDS)

Verônica Bem dos Santos – Psicóloga Policial Civil

Mediadora: Ana Paula dos Santos – Assistente Social Sepae

18h – Encerramento

Quarta-feira (31)

09h Solenidade de abertura

09h15 – Aplicabilidade dos círculos de paz não conflitivos como estratégia

de intervenção a grupos reflexivos com homens autores de violência

doméstica

Palestrantes:

Jule Mendes Minelli – Psicóloga e Agente de Segurança Socioeducativa

Roseli Maria Duarte – Assistente Social

13h30 – Apresentação das vivências na atuação dos grupos reflexivos para homens

autores de violência contra a mulher

Projeto Refletir das CPMAs de Chapecó, Criciúma, Itajaí, Joinville e São José.

Projeto Ágora de Florianópolis

Grupo reflexivos Semudes/Creas de Blumenau

Mediadora: Wanderléa Maria Machado – Psicóloga Sepae

15h30 – Fechamento e Autocuidado dos facilitadores dos grupos reflexivos

Palestrantes
Jule Mendes Minelli – Psicóloga e Agente de Segurança Socioeducativa

Roseli Maria Duarte – Assistente Social

Encerramento

Cláudia Regina Bernardi da Silva – OVM/SC

Janete Grobe do Prado Bott – Sepae/SAP

TJSC/Cevid

Fonte: Agência ALESC