16 C
Balneário Camboriú
InícioPolíticaMédico pioneiro de Gaspar recebe moção de aplauso

Médico pioneiro de Gaspar recebe moção de aplauso

O médico clínico geral, João Leopoldino Spengler, 80 anos, com mais de 4 mil partos e mais de 60 mil consultas realizadas em Gaspar, no Vale do Itajaí, foi homenageado na tarde desta segunda-feira (18) com uma moção de aplauso da Assembleia Legislativa. Prestigiaram a solenidade o senador Esperidião Amin (PP), o prefeito de Gaspar, Kleber Wan Dall (MDB), irmãos, filhos e netos do homenageado.

O proponente da homenagem foi o deputado João Amin (PP). Natural de Gaspar, completou neste ano 53 anos de atividades médicas no município. Filho de pequenos agricultores, Carlos Adão Spengler e Maria Elza Zimermann Spengler, é o oitavo filho de uma família de 11 irmãos e quando criança, aos 11 anos, manifestou interesse em ser médico. Ele não sabe exatamente o que o motivou à profissão, mas lembrasse que naquela época era muito difícil conseguir atendimento. “Não havia médicos em Gaspar, somente em Blumenau. E naquele tempo o transporte era complicado”.

João Spengler, acompanhado da esposa, Maria Helena, conta que muitos foram os sacrifícios dos pais para que ele realizasse o sonho. Ele foi o único dos irmãos a fazer uma faculdade. O médico lembra que, para isso, recebeu grande ajuda da família Beduschi. De acordo com ele, que não pretende parar de atender os seus pacientes, o segredo é gostar do trabalho. “Só tenho que agradecer ao Parlamento pela homenagem e a minha família pelo apoio, meus pais abriram mão de muita coisa para realizar o meu sonho.” Emocionado, reforçou que gosta de trabalhar. “A medicina é a minha vida. É muito gratificante ajudar as pessoas, ver o doente melhorar. O atendimento não se resume a uma receita médica, o paciente precisa de atenção e carinho.”

As atividades profissionais iniciaram em 1969, na cidade natal, Gaspar. Nesse mesmo ano casou com Maria Helena Spengler, com quem teve quatro filhos. A graduação no curso de medicina ocorreu na Universidade Federal do Paraná (UFPR) em 1968, ano da colação de grau. 

Logo após a formatura, João retornou para Gaspar. Corria nas veias do jovem médico o desejo de poder atender sua comunidade. O primeiro consultório, ainda em 1969, ficava em um casarão na rua Coronel Aristiliano Ramos, no centro da cidade. Ele recorda que muitas vezes se dirigia até o interior da cidade para os atendimentos e até ao Complexo do Baú, em Ilhota. Foi o médico quem encaminhou o primeiro paciente à casa de saúde e também fez o primeiro parto no Hospital de Gaspar, no dia 16 de agosto de 1970.

O prefeito Kleber Wan Dall enalteceu a homenagem ao médico. “Sinto-me lisonjeado em participar desta solenidade em prol de alguém muito importante para Gaspar e para a população. Ele é um homem que tem se dedicado à profissão, à população e à cidade, tem credibilidade e respeito de toda população. Fez e faz a história no município.”

Fonte: Agência ALESC

Comente com o Facebook
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99805.5030
- Advertisment -

Mais Lidas

Enviar mensagem
Envie FOTOS, VÌDEOS, ÁUDIOS, DENÚNCIAS ou sugestões de pauta para a equipe da redação!