Concerto comemora os 15 anos do Conservatório de Música de Itajaí


Nesta terça-feira (21), às 20h, ocorre o Concerto de 15 anos do Conservatório de Música Popular de Itajaí Carlinhos Niehues e o lançamento do projeto da nova sede da instituição. O espetáculo será no Teatro Municipal, com apresentação da Banda, Grupo de Choro, Grupo de Violões Infanto-juvenil, Grupo de Percussão de Itajaí (GPI) e dos professores do Conservatório. Os ingressos são gratuitos e estarão disponíveis para retirada na bilheteria do teatro, uma hora antes do concerto.

O Conservatório de Itajaí completa, no dia 21 de junho deste ano, 15 anos de ensino profissional em música. Ele foi instituído (Lei Municipal nº 4.829 de 20/06/2007) para capacitar e formar profissionais na área da música. Trata-se de uma escola pública de formação profissional que oferta de forma gratuita, por meio de bolsas de estudos, cursos com duração de três anos em várias opções de instrumentos.

“O Conservatório de Música de Itajaí é renomado e referência. No Brasil, há poucos com a proposta de música popular e com aulas gratuitas como o nosso. A instituição já formou 800 alunos no curso regular e mais de 3 mil pessoas participaram de atividades de extensão para a comunidade”, comenta o diretor do Conservatório de Música Popular de Itajaí Carlinhos Niehues, Eliezer Patissi.

Sobre os grupos que se apresentarão

Alunos do curso de violão infanto-juvenil, conduzidos pelo Prof. Thales Nunes, estarão no palco do Teatro Municipal no concerto. O curso de iniciação ao violão do Conservatório atende crianças e adolescentes de 7 a 14 anos. A iniciativa tem como objetivo orientar e direcionar os alunos desde os estágios iniciais do aprendizado do instrumento até a preparação para a prova prática do processo seletivo do curso de violão da instituição.

Na sequência, apresenta-se o Grupo de Choro que é formado por professores, alunos e egressos do Conservatório. O grupo trabalha os fundamentos da linguagem do choro, estuda e desenvolve repertório que busca contemplar a diversidade de gêneros e de compositores inseridos neste universo musical.

O Grupo de Percussão de Itajaí (GPI), que neste ano também completa 15 anos, juntamente com a instituição onde foi criado, o Conservatório de Música Popular de Itajaí, é o terceiro a assumir o palco na noite do concerto. O grupo segue suas atividades sob a direção artística do músico e professor, Rodrigo Gudin Paiva. O GPI aproveita a variedade de instrumentos de percussão da cultura popular brasileira, estuda, pratica e os divulga.

Já a Banda do Conservatório, quarta atração da noite, permite a alunos e egressos a oportunidade de representar a instituição nas mais diversas situações, sejam eventos festivos, solenidades ou outras oportunidades, além de proporcionar a seus integrantes uma experiência profissional de seu ofício. Conta com a presença do professor Evandro Hasse nos instrumentos de sopro e na direção musical e coordenação, o músico e professor Arnou De Melo.

Os professores do Conservatório encerram as apresentações do concerto. O time é formado por Arnou de Melo (Contrabaixo Acústico, Prática de Conjunto e supervisão da Banda do Conservatório), Bárbara Damásio (Canto), Cristiane Muller (Canto Coral e Percepção), Daniele Girardello (Violino e Viola), Djalma Bianco Cordeiro (Contrabaixo Elétrico, Prática de Conjunto e Apreciação), Evandro Hasse (Saxofone, Trompete, Trombone e Flauta), Giana Cervi (Canto e Fonoaudiologia Aplicada ao Canto), Luciano Stimamiglio (Teoria Musical, Harmonia, História da Música e Tecnologia em Música), Mario Jr. (Bateria e Rítmica), Ozéias Rodrigues (Guitarra e Improvisação), Paulo Giovanni Sagaz (Piano), Rafael Petry (Acordeon), Rodrigo Gudin Paiva (Percussão e Percussão complementar), Ricardo Cappra Pauletti (Violão, Arranjo, Trabalho de Conclusão de Curso, Supervisão do Grupo de Choro e coordenação pedagógica) e Thales de Godoi Nunes (curso de Violão Infantil, Prática de Conjunto e Curso Teórico Preparatório).

Nova sede

O projeto da nova sede do Conservatório de Música será apresentado no início do concerto. A sede ficará anexa ao Teatro Municipal, com dois pisos, salas de aulas e espaços coletivos para práticas, palestras e estudos. A intenção é de que a obra inicie ainda este ano. Atualmente, o Conservatório está sediado na Casa da Cultura Dide Brandão, localizada na Rua Hercílio Luz, nº 655, no Centro.

Comente com o Facebook