Governador precisa explicar abandono da saúde em Joinville, afirma deputado


Ao expor números ruins sobre a saúde no Estado, o deputado Sargento Lima (PL) convidou o governador Carlos Moisés e o novo secretário da Saúde, Aldo Baptista Neto, a estarem na audiência pública que ocorrerá na Câmara de Vereadores de Joinville, no dia 16 de maio, às 19h30. “É a oportunidade para o governador explicar o que está havendo no setor, o motivo de não haver leitos de UTI infantil, e por que a fila de cirurgias eletivas passou de 103 mil pessoas em janeiro deste ano”, enfatizou o parlamentar.

O deputado relatou da tribuna da Alesc, nesta quarta-feira (11), que ficou 30 minutos em frente ao Hospital Infantil de Joinville e viu ônibus, vans e ambulâncias chegando com pacientes da região e também de outras partes do Estado, como de Araranguá. Neste estabelecimento de saúde, que atende 60 municípios do Nordeste e Norte, o tempo de espera para atendimento atinge 10 horas.

“Não estamos falando de um país localizado num ponto esquecido do mundo, mas de Santa Catarina. A Administração Moisés é a pior da história de SC”, frisou Sargento Lima.

Comente com o Facebook