20.5 C
Balneário Camboriú
InícioSua RegiãoItajaíProfessora e alunos de escola da Itaipava são homenageados no gabinete do...

Professora e alunos de escola da Itaipava são homenageados no gabinete do Prefeito


A professora Patrícia Regina Wanderlinde Alves, a diretora Luci Rocha e os alunos da Escola Básica Judith Duarte de Oliveira, do bairro Itaipava, foram homenageados no gabinete do Prefeito de Itajaí na tarde desta quarta-feira (13). O reconhecimento do Município ocorreu em função do trabalho de combate ao desperdício de alimentos desenvolvido pela unidade escolar, que recentemente ganhou destaque no site da Organização das Nações Unidas (ONU).

A iniciativa envolveu 47 alunos dos 5º anos da escola básica e teve como objetivo estimular o debate sobre o desperdício de alimentos, além de promover conhecimentos e incentivar práticas sustentáveis. A ideia deu origem ao projeto Tempo Esgotado. Através deste trabalho, os estudantes gravaram um curta-metragem sobre o tema, criaram folders e cartazes, que foram distribuídos dentro da escola, em ônibus e pontos comerciais. O grupo ainda fez palestras para outras turmas da escola, que foram gravadas e disponibilizadas em um canal do Youtube.

> Iniciativa de escola de Itajaí é destaque na Organização das Nações Unidas

“Ao todo, nós imprimimos e distribuímos 2.500 folders sobre o nosso projeto (FOME) em comércios da região da Itaipava. É muito bacana ver um trabalho sair da sala de aula, alcançar a comunidade e chegar até a ONU. Orgulho para todos nós. Nós podemos fazer a diferença, começando com pequenas ações nas nossas casas, com as nossas famílias. São pequenas atitudes, para uma luta tão grande, mas que com certeza lá na frente iremos colher bons frutos com toda essa corrente do bem”, destacou a professora Patrícia Regina Wanderlinde Alves.

Essa corrente do bem alcançou um patamar muito importante: o de colocar comida nas mesas das famílias menos favorecidas. A partir do projeto da escola surgiu uma campanha de arrecadação de alimentos. Até agora mais de 500 quilos já foram arrecadados e distribuídos para moradores do bairro Itaipava. Para a professora Patrícia, essa é só a primeira etapa de um projeto que será contínuo na unidade escolar.

“A fome não é uma vez ao ano, por isso o nosso projeto não se dá por encerrado. Vamos dar continuidade nos próximos anos, com as novas turmas, até porque a fome não espera. São pequenos gestos que fazem toda diferença e eu fico muito feliz ao ver os meus alunos sensibilizados com essa causa e por terem entendido o sentido de tudo isso”, comemorou a docente.

Os alunos da escola comemoraram a repercussão do projeto na ONU e a oportunidade de mostrar a iniciativa para o mundo. “A fome é uma realidade, que muitas vezes passa pelos nossos olhos, mas nós não vemos. Temos que agradecer a professora Patrícia por ter aberto as nossas mentes neste sentido. Ela, com certeza, é uma inspiração para todos nós”, afirmou o estudante Aaron Pupo Muniz.

Projeto será ampliado

Depois de conhecer o projeto de perto, o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, afirmou que pretende levar essa iniciativa para toda a Rede Municipal de Ensino. Ele também autorizou a Secretaria de Educação a imprimir e distribuir o folder informativo criado pela professora e os estudantes para todas unidades escolares.

“Esse projeto é muito rico. Precisamos expandir essa iniciativa e levá-la ao conhecimento de toda nossa Rede, desde os centros de educação infantil até a educação de jovens e adultos. Para combatermos a fome no mundo, precisamos começar com ações pela nossa cidade. Essa é uma ótima oportunidade”, reconheceu o prefeito.

Comente com o Facebook
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99805.5030
- Advertisment -

Mais Lidas

Enviar mensagem
Envie FOTOS, VÌDEOS, ÁUDIOS, DENÚNCIAS ou sugestões de pauta para a equipe da redação!