Paulinha defende a manutenção do leite na cesta básica


Na primeira sessão plenária do calendário especial de atividades da Assembleia Legislativa, realizada na manhã desta quarta-feira (6),a deputada Paulinha (Podemos) deixou claro o seu posicionamento a respeito das alíquotas do ICMS para o leite UTH, a farinha de trigo e as bebidas quentes.   

Paulinha advoga pelo cidadão catarinense e defende a manutenção do leite na cesta básica e o ICMS competitivo para a cadeia produtiva.

“Claro que precisamos proteger a cadeia econômica do leite, mas também atender o interesse do cidadão, para que pague o menor preço possível, pois este é um alimento fundamental, principalmente para as crianças na primeira idade”, afirmou.

Defender Santa Catarina é sua missão, que com o mandato mais municipalista do Parlamento já deixou claro anteriormente que a equiparação do imposto sobre a farinha catarinense com os estados do Rio Grande do Sul e Paraná não é privilégio, e sim justiça.

Lotéricos
Ainda durante o seu tempo na tribuna, Paulinha destacou a participação na assembleia estadual dos lotéricos. Segundo disse, Santa Catarina conta com 600 casas lotéricas, que geram inúmeros empregos, movimentam a economia, e também cumprem um papel importante ao possibilitar a disponibilização dos benefícios sociais para a população. “Quero deixar meu apoio, meu respeito ao sindicato dos lotéricos e a todas as casas lotéricas de Santa Catarina, que têm empreendido um trabalho social muito mais relevante inclusive que o econômico, ainda que gerem empregos e sejam a porta de entrada da nossa microeconomia também.”

Valquiria Guimarães

Assessoria de Comunicação

Deputada Paulinha

048 991047676

Comente com o Facebook