15 C
Balneário Camboriú
InícioSanta CatarinaInvestimentos da Celesc na Grande Florianópolis aumentam a capacidade de distribuição de...

Investimentos da Celesc na Grande Florianópolis aumentam a capacidade de distribuição de energia


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Buscando ampliar a capacidade de distribuição e melhorar a qualidade no fornecimento de energia elétrica, a Celesc segue investindo na ampliação da infraestrutura no Núcleo Grande Capital (Nucap), que atende às cidades da Grande Florianópolis. Entre novas subestações, linhas de distribuição, além de projetos de eficiência energética e chamadas públicas, o montante previsto pela empresa em novas obras na região em 2022 é estimado em cerca de R$ 130 milhões. Entre 2019 e 2021, já foram investidos R$ 326 milhões em obras.

Uma das principais obras é a construção de duas novas linhas de distribuição que serão conectadas à nova Subestação (SE) Ratones, no Norte da Ilha, em Florianópolis. As duas linhas possuem tensão de 138.000 volts, e terão aproximadamente cinco quilômetros de extensão.

Iniciada em 2021, a obra segue em execução neste ano de 2022. A expectativa é de que as duas linhas estejam aptas para entrar em operação neste mês, com investimento de R$ 62 milhões.

A implantação da SE Ratones e das linhas associadas irá eliminar os riscos de corte de carga no atendimento à Ilha de Santa Catarina, tanto em regime normal de operação quanto em casos de contingências, garantindo mais confiabilidade no abastecimento para a Capital.

Outra obra de grande porte prevista para 2022 na região é a implantação da Subestação Santa Amaro da Imperatriz – Vila Becker. Em processo de licitação, a obra tem previsão de começar neste ano, com estimativa de que entre em operação em 2023, e beneficiará os municípios de Santo Amaro da Imperatriz, Águas Mornas, São Pedro de Alcântara e Palhoça, com a melhora na qualidade do atendimento.

Ainda entre as obras estruturantes previstas para 2022 na Grande Florianópolis está a Subestação São José Sertão do Maruim, área de forte concentração industrial no município de São José. O processo de licitação está em andamento, e as obras devem iniciar também neste ano, beneficiando diretamente as cidades de São José e Palhoça.

Completa a lista de obras estruturantes na Grande Florianópolis a construção da Subestação Florianópolis – Monte Verde, no Bairro Saco Grande, na Capital. A obra está em fase final de elaboração de projetos, e os trabalhos têm previsão de início para este ano. Com a nova subestação, haverá melhora no atendimento aos bairros Monte Verde, João Paulo, Santo Antônio de Lisboa, Cacupé, Trindade e Itacorubi, em Florianópolis.

O gerente do Nucap, Renato Rolim, destaca que as obras representam grande volume de investimentos, trazendo significativa melhora na qualidade do fornecimento a toda a Grande Florianópolis.

“A implantação das novas subestações propicia não somente uma maior capacidade de fornecimento de energia, mas também maior recursividade na rede de distribuição, e os novos alimentadores construídos com cabos protegidos possuem maior confiabilidade, diminuindo sensivelmente a exposição da rede de distribuição às ocorrências causadas por agentes externos, tais como condições meteorológicas adversas, contato de vegetação com as redes e até mesmo em casos de abalroamentos de postes. Como consequência, estaremos aptos a conectar novas cargas residenciais, industriais e comerciais de forma mais rápida, fazendo com que a Celesc cumpra sua função social e aja como indutor do desenvolvimento”, destaca Rolim.

Obras entregues em 2021

A região da Grande Florianópolis recebeu investimentos importantes em 2021, com a entrega de obras que beneficiam a região com mais qualidade e segurança no fornecimento de energia elétrica. Entre elas, está a ampliação da Subestação Ilha Sul, em Florianópolis. Os trabalhos foram concluídos no ano passado, melhorando o atendimento com mais qualidade e disponibilidade de energia para os bairros do Sul da Ilha. Os investimentos foram de R$ 4,9 milhões.

Voltada a aprimorar o atendimento da Celesc nos municípios de Biguaçu e Governador Celso Ramos, a ampliação da Subestação Biguaçu – Quintino Bocaiúva também passou por obras de ampliação, que foram concluídas e entregues em 2021, com investimento de R$ 3,8 milhões.

Outra obra de grande porte concluída pela empresa no ano passado na área de abrangência do Nucap foi a ampliação da Subestação Florianópolis – Ingleses. Beneficiando diretamente os bairros do Norte da Ilha, na Capital, a obra representou investimento de R$ 5,2 milhões.

Nas redes de distribuição, novos alimentadores foram construídos, com novos padrões construtivos, com cabos protegidos, de maior confiabilidade e, consequentemente, menores níveis de interrupção no fornecimento de energia.

Na região de São José, dois novos alimentadores da Subestação São José Real Parque foram construídos, e levarão mais energia para os bairros de Real Parque, Potecas e Forquilhas. Na região da Palhoça, foram cinco novos alimentadores, que melhoram a qualidade do fornecimento de energia para os bairros Nova Palhoça, Barra do Aririú, Pachecos, Caminho Novo, Bela Vista, Madrid, São Sebastião e região. Em Florianópolis, os novos alimentadores da subestação Florianópolis Capoeiras trarão melhorias também para a parte continental da Capital catarinense. Os investimentos nas redes de distribuição realizados no ano de 2021 foram de aproximadamente R$ 12 milhões.

Chamadas Públicas

A Celesc também segue investindo na região com repasse de recursos por meio das chamadas públicas com foco em Projetos de Eficiência Energética e em projetos sociais, esportivos e culturais.

Em 2021, foram R$ 1,8 milhão e cerca de R$ 500 mil em repasses, respectivamente. Essas ações representaram importante auxílio à comunidade, empresas, instituições e entidades das cidades que compõem o Núcleo Grande Capital.

Entre os destaques dos projetos concluídos em 2021 na região, está a instalação de uma usina fotovoltaica para atender toda a estrutura da Apae Florianópolis, localizada no Bairro Itacorubi. A iniciativa é da Chamada Pública do Programa de Eficiência Energética Celesc/Aneel 2018, e a companhia destinou R$ 559,13 mil em recursos na implantação desse projeto.

Outra instituição beneficiada por projetos de Eficiência Energética no ano passado foi a Udesc (Universidade do Estado de Santa Catarina) em Florianópolis. Foram instalados sistemas fotovoltaicos para geração de energia elétrica com potência de 50,4 kW, e substituídas 6.100 lâmpadas fluorescentes tubulares por lâmpadas LED visando uma maior economia de energia.

Informações adicionais para a imprensa
Assessoria de Imprensa 
Centrais Elétricas de Santa Catarina – Celesc 
E-mail: [email protected]
Atendimento 24h: 0800 048 0120
Site: www.celesc.com.br

Fonte: Governo SC

Comente com o Facebook
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99805.5030
- Advertisment -

Mais Lidas

Enviar mensagem
Envie FOTOS, VÌDEOS, ÁUDIOS, DENÚNCIAS ou sugestões de pauta para a equipe da redação!