15 C
Balneário Camboriú
InícioSua RegiãoFlorianópolisFilmes produzidos por autistas incentivam respeito e inclusão

Filmes produzidos por autistas incentivam respeito e inclusão


Uma parceria entre o projeto Núcleo de Cinema Maria Tomázia Coelho (MTC) e a Sala Multimeios da Escola Básica Municipal Maria Tomázia Coelho incentiva estudantes com transtorno do espectro autista (TEA), deficiência intelectual e dificuldade de aprendizagem a produzirem curtas-metragens como forma de elevar seu protagonismo e autoestima, favorecendo a inclusão e a aprendizagem.
 
Este ano as produções audiovisuais estão sendo realizadas por 10 estudantes que frequentam o Atendimento Educacional Especializado (AEE) no contraturno escolar, com a orientação dos professores Eloísio Lopes, Giani Winckler, Juliana da Silveira, Luiz Ferreira e Veraline Soares.
 
Nesta atividade, os estudantes participam ativamente do planejamento e produção de cada filme, desde a concepção dos argumentos até a edição final.
 
Duas novas produções estão sendo realizadas. Uma delas é “Qual o maior desafio encontrado dentro da escola ou sala de aula?”, um documentário que tem o objetivo de conscientizar a comunidade escolar sobre algumas características e necessidades de pessoas com autismo.
 
O terceiro curta-metragem, produzidos com bonecos, tem o nome provisório de “A fazenda”. O personagem Jonny é um cachorro cego que foi abandonado. Em suas andanças, numa área rural, encontra três cães que zombam da deficiência dele. É acolhido por um boi e um dos cães, arrependido, pedem desculpas para o Johny.
 
Em 2019 foi produzido “A Jornada”. O filme conta a história de Uaiti, um rapaz solitário que, de repente, começa a sentir que a vida poderia ser mais colorida. Decide então sair em busca de novas aventuras e nessa jornada conhece amigos que irão mudar sua vida para sempre.
 
O secretário de Educação, Maurício Fernandes Pereira, lembra que no Brasil cerca de dois milhões de pessoas possuem transtorno do espectro autista e sofrem com o preconceito que limita a forma como elas são vistas. “Com a iniciativa de nossa unidade educativa, queremos debater o tema e reafirmar que todos nós somos inteligentes e capazes”.
 
PROJETO NÚCLEO DE CINEMA MARIA TOMÁZIA COELHO
 
O projeto Núcleo de Cinema Maria Tomázia Coelho tem como objetivo proporcionar aos estudantes a aprendizagem de novos conhecimentos e habilidades por meio da produção de audiovisuais utilizando equipamentos como celulares e editores de vídeos simples e acessíveis.
 
De maneira interdisciplinar, o projeto promove a melhoria da articulação entre as disciplinas curriculares e a efetivação de novos vínculos dos estudantes com a escola.
 
Estruturado em quatro eixos, o Núcleo procura estabelecer parcerias para estimular a pesquisa, a produção e a divulgação dos filmes feitos pelos estudantes.
 
Desde o início de suas atividades, em 2013, já atendeu mais de 350 estudantes do 1º ao 9º ano, realizou cinco mostras de exibição na escola sob a orientação de professores de diversas disciplinas e participou de eventos nacionais.
 
Os 76 filmes de curtas metragens produzidos pelos estudantes vão dos documentários à ficção, incluindo filmes de animação que utilizam técnicas variadas. As produções podem ser visualizadas no Blog do Núcleo de Cinema – http://nucleodecinemamtc.blogspot.com/ – que também disponibiliza reportagens veiculadas na mídia sobre o trabalho realizado.
 
Desafios na escola para alunos autistas – https://youtube.com/watch?v=UkSNq3uPQd4&feature=share

galeria de imagens


Comente com o Facebook
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99805.5030
- Advertisment -

Mais Lidas

Enviar mensagem
Envie FOTOS, VÌDEOS, ÁUDIOS, DENÚNCIAS ou sugestões de pauta para a equipe da redação!