Fabiano critica novo corte de recursos federais para rodovias de SC


O deputado Fabiano da Luz (PT) lamentou que o governo federal tenha efetuado mais um corte no orçamento para as rodovias de Santa Catarina. “Não estou requentando matéria, na semana passada ele cortou mais R$ 13,2 milhões”, frisou.

Segundo Fabiano, uma portaria publicada em 25 de fevereiro tirou R$ 5,4 milhões da BR-280 dos R$ 102,6 milhões orçados, a BR-470 perdeu R$ 4 milhões dos R$ 81 milhões previstos, a BR-285 teve um corte de R$ 1,4 milhão, a BR-282 perdeu mais R$ 1,2 milhão e a BR-163 outro R$ 1,1 milhão. “Não são recursos para novas obras e sim para a manutenção das estradas.”

O parlamentar lembrou que este é o segundo corte que o governo faz este ano nas rodovias estaduais. Em janeiro, foram R$ 43 milhões e agora mais R$ 13,2 milhões. No final de novembro do ano passado ele tirou outros R$ 25 milhões das rodovias do Litoral, do Vale e do Norte e R$ 14 milhões das do Oeste.

“E não é por falta de dinheiro, pois o governo federal teve a maior arrecadação dos últimos 27 anos. Nunca se arrecadou tanto imposto no Brasil como no ano passado.”

Fabiano disse que o presidente acha que Santa Catarina é uma colônia de férias e não um local de trabalho. Bolsonaro fez 15 viagens ao Estado, nove para férias. Os gastos com o cartão corporativo do presidente da República já somam mais do que Lula, Dilma e Temer gastaram ao longo de seus anos de presidência. “O descaso para com Santa Catarina é impressionante, o estado que lhe deu a segunda maior votação nas eleições é justamente o que ele corta todos os recursos e abandona. Não temos nada a comemorar, nada a reconhecer”, criticou.

Juliana Wilke
Assessoria Coletiva | Bancada do PT na Alesc | 48 3221 2824  [email protected]
Twitter: @PTnoparlamento | Facebook: PT no Parlamento

Comente com o Facebook