Detrans e Polícia Militar realizam fiscalização em locais de banho de rio em Joinville


Começa neste final de semana a operação Rota das Águas para fiscalizar pontos de banho em rios de Joinville. A iniciativa é da Polícia Militar e do Departamento de Trânsito de Joinville (Detrans).

A partir deste sábado e domingo (8 e 9/1), os agentes e os policiais vão vistoriar cerca de 30 locais frequentados por banhistas para verificar questões como banhos em locais impróprios, quando há risco para quem está na água. Os locais mapeados ficam nos bairros Vila Nova, Rio Bonito, Pirabeiraba, entre outros.

“Vamos até os locais orientar e verificar se há aglomerações por conta da alta dos casos de Covid-19, também vamos fiscalizar o trânsito porque temos muitos relatos em relação a estacionamento em áreas proibidas ou inadequadas. Geralmente, esses locais para banho ficam próximo as pontes que têm afunilamento. Muitos motoristas estacionam dos dois lados e atrapalham a fluidez”, explica o gerente do Detrans, Alexandre Demaria.

Os fiscais também vão orientar os frequentadores em relação ao barulho e uso de som alto, já que é outra reclamação de moradores dessas áreas muito visitadas nessa época do ano. São ocorrências que podem causar perturbação do sossego.

“Temos também registros de acidentes causados pelo excesso do uso de álcool, que é uma prática que também será observada nas fiscalizações”, explica Demaria. A operação Rota das Águas será realizada até 13 de março.

Orientações

A Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult), incentiva o turismo rural e os banhos de rios, principalmente em locais que possuem infraestrutura adequada para receber as pessoas.

Joinville conta com inúmeros locais propícios para atividades em meio à natureza. Muitos são em propriedades rurais que oferecem uma série de serviços de lazer e gastronomia, com infraestrutura como área de estacionamento e banheiros. Acesse o site www.turismoruraljoinville.com.br para saber mais sobre esses locais.

Dicas para evitar acidentes e afogamentos:

– Procure sempre averiguar qual é a profundidade do rio que vai se banhar.
– Não entre no rio de tênis, porque o calçado se torna pesado, arrastando a pessoa para o fundo.
– Muitos rios de correnteza têm poços no meio. Sempre conheça o local onde vai se banhar.
– Nunca mergulhe de cabeça.
– Crianças sempre devem estar no rio ou em suas margens com a supervisão dos pais ou responsáveis.
– Se não souber nadar, não entre em nenhuma área com água além da cintura.
– Após as refeições, espere uma hora para entrar na água, para evitar congestão.
– Atenção à nascente do rio, para não ser surpreendido por uma tromba-d’água. Observe na margem o nível da água em alguma pedra. Se subir muito rápido em poucos segundos, saia da água imediatamente.
– Se você não tem treinamento para tirar alguém da água, a orientação é não entrar no rio para fazer resgates.
– Em caso de afogamento, tente jogar objetos flutuantes ou uma corda que a vítima possa se segurar.

Comente com o Facebook