Prefeitura solicita licença ambiental ao IMA para a construção da nova ponte da Lagoa da Conceição


A Prefeitura de Florianópolis, através da Secretaria de Infraestrutura, encaminhou nesta sexta-feira (10) ao Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) o projeto executivo e o estudo ambiental relativos à construção da nova ponte da Lagoa da Conceição, no Leste da Ilha. Os documentos embasaram o pedido de concessão da Licença Ambiental Provisória (LAP) feito ao IMA.
 
A expectativa da Prefeitura é a de que a LAP seja concedida até março de 2022. Isso se confirmando, a administração municipal lança imediatamente a licitação para a contratação da empresa que vai executar as obras e, nesse meio tempo, aguarda a Licença Ambiental de Instalação (LAI), a outra licença do IMA necessária para dar início aos trabalhos. 
 
Projeto Executivo
 
De acordo com o projeto executivo, a nova ponte da Lagoa da Conceição ficará à direita da ponte atual, sentido Centrinho-Avenida das Rendeiras. Sendo que a ponte existente será demolida e seu aterro dará lugar a uma ampla infraestrutura de lazer com áreas de contemplação das belezas naturais, playground, academia de ginástica e praça públicas. Já a área próxima à marina que fica à esquerda da ponte atual vai ter os decks revitalizados. 
 
A nova ponte terá estrutura de concreto armado com guarda-corpos e formato curvo, 214 metros de extensão e 17 metros de largura, com a seguinte conformação: duas faixas de rolamento de 3,5 metros de largura, dois passeios (nas laterais de cada faixa) com 2,5 metros de largura e uma ciclovia bidirecional (com duas faixas em sentidos contrários)  de 2,80 metros de largura. 
 
A altura livre, ou seja, a distância entre a água da lagoa e a ponte em si será triplicada, se comparada à de hoje. É que, atualmente, na máxima maré, essa altura é de 1,80 metros, e passará a ser de seis metros. Sendo que a mesma proporção valerá para o vão livre, ou seja, o espaço para a passagem de embarcações sob a ponte. Esse espaço será de 30 metros, sendo que, atualmente, é de apenas nove metros. 
 
“Esses dois fatores, além de melhorar a passagem das embarcações sob a ponte, vão ajudar significativamente a oxigenação da Lagoa da Conceição e da lagoa pequena”, ressalta o secretário de Infraestrutura, Valter Gallina.


Comente com o Facebook