Abraço à Mulher realiza pedágio neste Dia Internacional de Não Violência contra as Mulheres


Você se transforma após um abraço? Nesta quinta-feira (25), Dia Internacional de Não Violência contra as Mulheres, o programa Abraço à Mulher foi às ruas para mostrar a mudança que um gesto de acolhimento e carinho provoca àquelas que buscam ajuda. Durante o pedágio, além de distribuir informações a respeito do programa, foram mostradas fotos de mulheres antes e depois de receberem atendimento.

Priscila da Silva Reis é uma dessas mulheres. Empreendedora e mãe de quatro filhos, ela conta que demorou até perceber que precisava de ajuda e que o acolhimento que recebeu desde o início foi essencial para, hoje, seguir a vida normalmente. “O nome do programa é muito significativo porque mesmo que você nunca tenha pisado lá, que não conheça ninguém, se sente abraçada logo de cara. Eu conheci o programa através de uma amiga e posso dizer que ele mudou minha vida completamente”, conta.

Quem também compartilhou um pouco de sua experiência foi Simone de Moraes Santana, que está há sete meses em atendimento. Ela foi encaminhada ao programa através da Delegacia da Mulher e hoje, além do acompanhamento psicológico, também faz aulas de defesa pessoal na Casa da Mulher. “As aulas mudaram muito o meu pensamento em questão de medos e limitações. Eu digo para as mulheres na mesma situação que passei que nós não precisamos carregar esse peso nas costas, pagar esse preço. Aqui em Balneário Camboriú existem pessoas pra ajudar e colocar em prática o lema ‘você não está sozinha'”, relata Simone.

O Abraço à Mulher é um programa criado pela Prefeitura de Balneário Camboriú, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, que desde 2019, acolhe, trata e transforma a vida de mulheres vítimas de violência física, psicológica, sexual, patrimonial e moral. Nestes dois anos de programa mais de 17 mil mulheres, de todas as idades e classes socioeconômicas, foram atendidas. O programa oferece desde acompanhamento psicológico e encaminhamentos a rede de apoio até assistência jurídica.

Caso você tenha sofrido um episódio de violência doméstica e precise de apoio psicológico, procure o Abraço à Mulher. O programa funciona 24 horas, inclusive nos fins de semana, via WhatsApp ou ligação telefônica pelo número: (47) 99982-1906.

_______
Informações adicionais:

Diretoria de Comunicação
Jornalista: Louise Lamin
Foto: Divulgação
(47) 3267-7022

www.instagram.com/prefeituradebc  

FOTOS

Comente com o Facebook