Mutirões de castração do Núcleo de Bem Estar Animal já somam 76 animais operados


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

O Núcleo de Bem Estar Animal (NBEA) de Criciúma já castrou 76 animais em mutirões desde setembro, quando recebeu um furgão para o serviço. Quatro bairros já foram contemplados pela ação, sendo eles Santa Luzia, Quarta Linha, Rio Maina e Vila Nova.

O órgão, vinculado à Fundação do Meio Ambiente (Famcri), faz uso de um sistema de protetores cadastrados, que ficam responsáveis pelos animais de rua ou aqueles pertencentes às pessoas de baixa renda.

“Esses serviços têm como objetivo controlar o número de animais errantes, evitar que eles se procriem e continuem sofrendo com as condições de abandono. Além disso, trata-se também de uma questão de saúde pública e de segurança do trânsito”, explicou o presidente da Famcri, Robson Izidro.

“Com uma data e horário marcado, recolhemos os cães e gatos e os devolvemos castrados, com toda a medicação pós cirúrgica e microchipados. Caso o animal não tenha dono, ele fica registrado como comunitário”, afirmou o coordenador do NBEA, Elias Pereira.

Até o momento foram feitos cinco mutirões, e há ainda três programados até o fim deste ano, nos bairros Pinheirinho, São Sebastião e Imperatriz. Segundo o coordenador, para se tornar protetor de algum animal, qualquer cidadão pode ir até o NBEA, na rua Miguel Patrício de Souza, bairro Bosque do Repouso, portando RG, CPF e comprovante de renda. Para mais informações, basta entrar em contato com o órgão pelo telefone (48) 3445-8729.

Comente com o Facebook