Mês da Consciência Negra terá programação em Joinville


Na segunda-feira (15/11), inicia a programação do Mês da Consciência Negra em Joinville. A 14ª edição do evento será aberta com o Aniversário da Umbanda, às 15 horas, no Parque da Cidade. Várias agremiações religiosas afro-brasileiras se reúnem para homenagear os 113 anos da fundação da Umbanda.

No mesmo dia, também ocorre o Toque de Caboclo, às 19 horas, no Yle Ashe de Omolu (Estrada do Quiriri, s/n). No ato litúrgico, serão entoados toques de louvor aos Caboclos, entidades da Umbanda ligadas à terra, à fartura e à cura.

A programação o Mês da Consciência Negra em Joinville continua dia 20/11. Às 10 horas, ocorre a Homenagem às Pessoas Pretas e Descendentes Afro sepultados no Cemitério dos Imigrantes. No pátio ao lado da Casa da Memória, serão entoadas cantigas em um ritual de homenagem.

A lavagem do Monumento dos Imigrantes, na Praça da Bandeira, será 20/11, às 13 horas. O ritual é uma manifestação religiosa ecumênica, inspirada na célebre lavagem das Escadarias do Bonfim, em Salvador (BA). Dia 20/11, também está marcada a Feijoada com Ashe, às 18 horas, na Casa da Vó Joaquina, que fica na rua Erivelton Martins, 669, no Ulysses Guimarães.

O encerramento do Mês da Consciência Negra em Joinville será com o Ipadê, dia 23/11, às 19 horas, na Câmara de Vereadores. Na ocasião, serão homenageadas pessoas que tiveram destaque na luta pela cultura afro-brasileira em Joinville.

O Mês da Consciência Negra em Joinville é uma realização da Casa da Vó Joaquina, com apoio da Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult) e do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (Compir).

Comente com o Facebook