GMF realiza quarta fase da Operação Fio Desencapado em Florianópolis


A Secretaria de Segurança Pública da Prefeitura de Florianópolis, em conjunto com forças policiais da Capital e órgãos da administração municipal, realizou na manhã desta sexta-feira, 29 de outubro, a quarta edição da Operação Fio Desencapado. O objetivo é fiscalizar ferros velhos e combater o crime de receptação de itens provenientes de furto, como cabos de comunicação, fios, placas de sinalização de trânsito, hidrômetros, peças de arte, esculturas, entre outras.
 
A ação resultou em três prisões pelo crime de receptação e apreendeu mais de 300 kg de fio de cobre furtados. Ainda foram emitidos 11 autos de intimação pela SUSP pela não exposição de alvará em local visível para o público, cinco autos pela Floram por exercício de atividade sem licenciamento ambiental e mais dois autos de infração pela  Vigilância Sanitária do Município por acúmulo de água parada nos locais.
 
Entre agentes de polícia e fiscais, participaram da operação mais de 140 profissionais. 
Trata-se de uma operação “multiagência”, com participação da Guarda Municipal de Florianópolis (GMF), Guarda Municipal de São José, Superintendência de Serviços Públicos (Susp), Vigilância Sanitária do município (Visa), Floram, Secretaria do Meio Ambiente, e do Continente, Polícias Militar e Ambiental, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Celesc e Corpo de Bombeiros.
 
O Secretário de Segurança Pública da Capital, Araújo Gomes, destacou a importância da força-tarefa para garantir a agilidade e efetividade neste tipo de ação. 
 
“A cada fase da Operação Fio Desencapado procuramos aprimorar ainda mais as ações e garantir que os resultados sejam efetivos e de longo prazo. Iremos continuar realizando essa força-tarefa periodicamente para inibir e combater esse tipo de prática em Florianópolis”. 
 
Desde a primeira fase da operação, já foram apreendidos cerca de 1,7 toneladas de fios de cobre. Ao todo, 11 pessoas foram detidas e mais de 60 autos de infração e multas foram emitidos.


Comente com o Facebook