Acolhido dá aulas de conserto de eletrônicos na Passarela da Cidadania


Eduardo Ferreira dos Santos May, de 37 anos, está em busca de um emprego, mas o que ele realiza diariamente na Passarela da Cidadania não deixa de ser um trabalho. O acolhido conserta objetos eletrônicos como microondas, notebooks, impressoras, celulares e parte mecânica de veículos e compartilha seu conhecimento com os demais acolhidos dando aulas sobre eletrônica, informática e tecnologia. A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Assistência Social, reconhece a importância da troca de experiências entre os acolhidos como essencial para o crescimento pessoal e profissional. 
 
A Passarela da Cidadania conta com diversas atividades para integrar os acolhidos e as aulas de Eduardo têm tido papel fundamental nesse processo. Dedicado, ele explica cada detalhe das técnicas que ele utiliza para arrumar o que está danificado nos objetos. 
Conseguir emprego seria a cereja do bolo depois de todo o trabalho desenvolvido e tempo morando na Passarela. Com certeza, cada acolhido que conviveu com Eduardo nesse período vai levar o aprendizado adquirido com as aulas para o futuro.
 
Enquanto Eduardo não consegue um emprego, ele também está à disposição para quem precisar consertar eletrônicos. Os interessados devem entrar em contato com a Secretaria de Assistência Social de Florianópolis, por meio do número (48) 3324-1415.
A administração municipal reforça que trabalhos como este de Eduardo contribuem significativamente para o dia a dia na Passarela da Cidadania. Além dele, atividades como aulas de confeitaria e panificação, horta e barbearia fazem parte do cotidiano da Passarela.

galeria de imagens


Comente com o Facebook