Alunos do municípios refletem sobre espaços sagrados


Mediados pela professora Alice Vezzaro, os estudantes dos 4º e 5º anos da Escola Parque Cidadã Leonel de Moura Brizola realizaram estudos e pesquisas na disciplina de Ensino Religioso acerca dos espaços considerados sagrados, com o objetivo de identificar, compreender e reconhecer distintas concepções e manifestações religiosas traduzidas em seus ritos, símbolos, doutrinas, consagrações do sagrado, costumes e tradições que representam.

A partir das reflexões eles passaram a compreender melhor, valorizar e respeitar as tradições religiosas e filosofias de vida, suas experiências e saberes, em diferentes tempos, espaços e territórios. Na sequência, construíram um painel representando um espaço onde as pessoas vivenciam sua fé de forma individual ou coletiva em busca de diferentes formas de orações dentro da crença de cada um.

“O assunto integra a Base Nacional Comum Curricular – BNCC, assim, partindo do conhecimento prévio dos estudantes daquilo consideram espaços Sagrados, fomos ampliando os estudos. Me emocionei quando uma adolescente relatou que o primeiro espaço sagrado que existe é o ventre da mãe. Desta forma, fica a certeza de que a compreensão e o respeito ao diferente foi absorvido.” disse Alice Vezzaro, professora das turmas.

Para a estudante de 11 anos, Ana Cristina dos Santos, “Esta aula foi muito interessante, depois que a professora explicou tudo, a gente fez desenho que representa a nossa igreja, o Espaço Sagrado que a gente frequenta e foi interessante construir este painel representativo.”

Os símbolos religiosos foram organizados e expostos pelos alunos nos guarda-chuvas. Pois, o guarda-chuva neste contexto, representa proteção e é assim que os seguidores das mais diversas crenças religiosas concebem os símbolos, como proteção e complementação da sua fé.

Comente com o Facebook