Pequenos frigoríficos terão pleitos atendidos pelo governo


Proprietários e representantes de 30 frigoríficos de todas as regiões de Santa Catarina participaram de um encontro com o secretário de Estado da Fazenda Paulo Eli, organizado pelo deputado Marcos Vieira (PSDB).

O objetivo do encontro, de acordo com o deputado Marcos Vieira, foi plenamente atingido. “Ouvimos as partes e chegamos a um entendimento comum e bom para a sociedade”, disse o deputado

Além do secretário Paulo Eli e do deputado Marcos Vieira, participaram do encontro, nesta segunda-feira (20) na Assembléia Legislativa, o deputado Moacir Sopelsa (MDB) e a secretária adjunta da Fazenda, Michele Roncálio.

Para Wolmir de Souza, presidente da Associação de Agroindústrias Alimentícias de Santa Catarina, se não houvesse o entendimento muitas empresas do ramo poderiam mudar de Estado ou mesmo falir. “Nossa situação é muito complicada, pois empresas dos estados vizinhos têm tributação diferenciada”, explicou Wolmir.

O secretário da Fazenda, Paulo Eli, definiu como sendo quatro os problemas a serem resolvidos. “Temos a questão tributária, a questão ambiental, a questão sanitária e o problema do fornecimento de energia elétrica, onde as cooperativas não têm capacidade financeira de ampliar suas redes. Mas o governo do Estado quer ajudar no que for possível, pois resolvendo essas questões, são gerados mais empregos, mais tributos e todo mundo sai ganhando”, reforçou Paulo Eli.

Representantes dos frigoríficos trouxeram suas pautas relacionadas ao abate e comércio de bovinos, caprinos, suínos e ovinos. “Um dos principais temas é o crédito presumido concedido de forma linear, o ano todo de acordo com os valores de abate e não pela projeção, o que o secretário disse que vai ser debatido”, completou Wolmir.

Para o deputado Moacir Sopelsa, uma política tributária beneficia o Estado. “Toda a cadeia é favorecida, inclusive o consumidor final, já que com os frigoríficos competitivos, o preço permanece reduzido, então esse tipo de encontro organizado pelo deputado Marcos Vieira é uma ótima oportunidade e mostra o interesse dele em se envolver e resolver essas questões”, pontuou Sopelsa.

O secretário Paulo Eli garantiu que haverá mudança e que os incentivos fiscais serão definidos logo após o estado do Rio Grande Sul também definir os critérios internos. “Além disso, vamos estudar caso a caso os frigoríficos que tiveram seus recursos negados”, garantiu Paulo Eli.

Durante o encontro, o deputado Marcos Vieira deu palavra para os representantes de todas as regiões do Estado. “Assim deu para entender as reivindicações de todo o setor, e assim o Parlamento cumpriu o seu papel, trazendo para o debate e ajudando a encontrar soluções”, finalizou Marcos Vieira.

Comunicação Deputado Marcos Vieira – PSDB

Giancarlo Baraúna

(48) 9 9919-0691
Rodrigo Braga

(48) 9 9919-0592

Facebook: www.facebook.com/deputadomarcosvieira
Instagram: deputadomarcosvieira

Comente com o Facebook