Defesa Civil interdita imóvel e alerta sobre risco de novas ocorrências


A Defesa Civil de Joinville realizou nesta sexta-feira (17/9) vistoria em um imóvel atingido por deslizamento de terra, no bairro Petrópolis, na noite anterior. A terra cedeu, derrubou o muro de contenção de concreto e invadiu os quartos da casa. Uma garagem caiu em cima do carro da família. A Defesa Civil interditou o imóvel e parte da casa ao lado.

“A edificação foi severamente afetada pela queda do muro. Na vistoria, identificamos o desabamento do telhado construído junto à divisa, ruptura das paredes e a movimentação de toda a estrutura”, explica o engenheiro Robison Negri, da Defesa Civil de Joinville.

As fundações ficaram expostas e há risco de desabamento parcial.

“Por isso, recomenda-se a interdição da edificação bem como a orientação ao proprietário dos riscos associados à utilização do imóvel. Também recomenda-se a demolição do último vão da garagem, com o intuito de evitar que seu colapso coloque em risco o restante da edificação”, complementa o engenheiro.

A família que vivia no imóvel vai ficar na casa de parentes.

Alerta de chuva intensa nas próximas horas

A Defesa Civil de Joinville pede atenção quanto aos possíveis deslizamentos de terra em função da grande quantidade de chuva.

“Nas últimas horas, o acumulado já ultrapassou os 50 mm aqui na nossa cidade”, informa Márnio Luiz Pereira, gerente da Defesa Civil de Joinville.

A atuação de uma área de baixa pressão deixa o tempo instável. A condição é de chuva intensa com volumes altos até a manhã de sábado (18).

População deve ficar atenta aos sinais

É preciso ficar atento aos sinais de deslizamento, como movimentação de terra em morros, possível queda de árvore ou rachaduras em paredes de imóveis.

Em caso de alagamentos e inundações, evite contato com a água e não dirija em locais alagados. Evite transitar em pontes e pontilhões submersos.

No caso de tempestades com ventos fortes e raios, busque um local abrigado, longe de árvores, postes, placas e objetos que possam ser arremessados.

Comente com o Facebook