Pratos criativos incentivam o consumo de peixe nos CEIs de Joinville


A Secretaria de Educação de Joinville e a Unidade de Desenvolvimento Rural se uniram para realizar um concurso de apresentação de pratos com pescados nos Centros de Educação Infantil (CEIs) do município.

A parceria foi para incentivar a agricultura familiar local e também o consumo do peixe pelo valor nutricional e porque é um item que oferecido no cardápio escolar dos pequenos. E então surgiu o concurso de fotos com o foco na apresentação dos pratos.

“Fizemos uma capacitação on-line e tivemos uma ótima adesão dos CEIs. Propusemos para eles criarem um prato elaborado levando em consideração a apresentação. Pedimos para ter decoração, ser atrativo, colorido e que envolvesse as crianças, como uma ação pedagógica”, explica Kerolin Tuany Batista da Silva, nutricionista da Secretaria de Educação.

No total, 38 CEIs participaram. Os vencedores foram: em primeiro lugar o CEI Felícia Cardoso Vieira (bairro Costa e Silva), em segundo o CEI Espaço da Criança (bairro Adhemar Garcia) e em terceiro o CEI Miosótis (bairro Fátima).

No CEI Felícia Cardoso Vieira, a notícia do primeiro lugar foi muito comemorada. “Nós trabalhamos esse projeto com as crianças durante uma semana. Uma professora trouxe sugestões, outras pesquisaram alimentos, fizeram o cardápio junto com as crianças, trouxeram um aquário para a sala de aula. As cozinheiras também se envolveram. Tudo para que a experiência tivesse significado para as crianças, que fossem momentos de aprendizado”, explica Jaqueline Júlio Tomaz, diretora do CEI que conquistou o primeiro lugar.

A atividade envolveu as crianças do maternal 1, com 2 e 3 anos de idade. No dia da apresentação, os estudantes receberam o prato com o tema fundo do mar. As professoras preparam uma mesa especial, arrumaram toalhas e até música com a temática. O trabalho ficou por conta da professora Jamile Rodrigues dos Santos Machado e das auxiliares Francieli da Silva Persike e Maria Hidenildes Façanha. Os pais dos alunos receberam as fotos do projeto e um recado para incentivar a alimentação saudável.

Comente com o Facebook