Grupo de Trabalho busca aprimorar a educação infantil


Pensando na criança enquanto protagonista, o Setor de Educação Infantil da Secretaria Municipal de Educação de Chapecó organizou um grupo de trabalho (GT) composto por gestores, coordenadores, professores corregentes, professores de educação física e professores regentes de Bebês, Crianças Bem Pequenas e Crianças Pequenas, para refletir sobre como podemos oportunizar diferentes vivências e experiências na Educação Infantil, através dos diferentes momentos pedagógicos que são vivenciados no cotidiano da instituição.

O grupo de trabalho (GT) se reuniu no auditório da SEDUC para o seu segundo encontro na quinta-feira, 09, no período matutino, para pensar em tempos e espaços que promovam a autonomia, que provoquem a criticidade, além de instigar a criatividade das crianças.

Para o professor João Carlos de Paula, regente da turma de Bebês, no CEIM BB Criança, “o grupo de trabalho é um tempo para a reflexão, apontamentos e compartilhar de experiências que se faz importante para um novo olhar. No corre-corre do dia a dia, somos tendenciosos a entrar no automático e deixamos escapar oportunidades de momentos criativos e dinâmicos. Um resgate da importância e complexidade da rotina nos coloca no caminho e direção do que propõe a educação, que por não ser estática está sempre evoluindo e em movimento. Parabéns a nossa equipe gestora por este olhar, preocupação e por nos oportunizar contribuir com este momento! ”

Para a Secretária de Educação, Astrit Tozzo, “pensar na infância é respeitar as crianças em seus tempos, espaços e modos de vida, garantindo um ambiente acolhedor para as crianças, às famílias e todos os que fazem parte da Instituição Educativa”.

A Educação Infantil é fonte de muitos estudos e pesquisas nos últimos anos, sendo que entre as principais necessidades está a discussão acerca da organização das relações, tempos e espaços nas instituições. Dessa maneira, considerando que esta é a primeira etapa da educação básica, espaço onde a criança brinca, interage e se desenvolve através de diferentes vivências com os colegas e professores, “a escola não é uma preparação para a vida, ela é um espaço da vida”.

Comente com o Facebook