Mais de 1700 DIUs foram inseridos desde o início da pandemia em Floripa


A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Saúde, informa que mais de 1700 DIUs de cobre já foram inseridos em mulheres da Capital desde o início da pandemia da Covid-19. Ele pode ser usado por até 10 anos e é disponibilizado gratuitamente através do Sistema Único de Saúde Municipal.
 
O DIU de cobre é o quarto método contraceptivo mais seguro, com uma taxa de falha de apenas 0,3% a 0,8%. Apesar disso, é importante ressaltar que ele não previne contra infecções sexualmente transmissíveis e cuidados como o uso de preservativos devem continuar.
 
Constantemente, médicos e enfermeiros são capacitados pela Secretaria de Saúde para a inserção do DIU. Em 2020, o trabalho rendeu até prêmio. O reconhecimento foi dado por um laboratório de inovação da Organização Panamericana de Saúde em uma solenidade organizada em Brasília. 
 
A colocação do DIU contribui para a diminuição do número de mulheres com gravidez indesejada, promove saúde reprodutiva e fortalece a autonomia feminina. Inara Chagas fez a sua inserção no Centro de Saúde do Pantanal e contou como foi o atendimento.
 
“Me perguntaram se eu queria colocar música, colocaram um aquecedor, perguntaram se eu queria algum acompanhante também, levei meu companheiro lá comigo na colocação. Foi uma experiência muito acolhedora. Quando eu cheguei em casa depois que eu entendi o que estava acontecendo eu chorei de alegria, literalmente”.
 
A administração municipal orienta que para saber mais informações sobre o DIU ou outros métodos contraceptivos, a população procure o Centro de Saúde mais próximo ou fale diretamente com a Secretaria Municipal de Saúde. Os contatos dos Centros de Saúde estão disponíveis por meio do link: https://sus.floripa.br/contatoscs/.

galeria de imagens


Comente com o Facebook