Prefeitura de Criciúma lança oficialmente programa Inova 2021


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

O programa Inova Criciúma 2021, que vai beneficiar 10 startups com R$ 25 mil cada, foi lançado nesta quarta-feira (8) pelo Governo Municipal. O evento aconteceu no Salão Ouro Negro do Paço e contou com a participação de instituições, empresários e do prefeito em exercício, Ricardo Fabris.

Além da apresentação do edital, que será disponibilizado no site do Inova  https://inova.criciuma.sc.gov.br/ a partir desta quinta-feira (9), assim como a abertura das inscrições, o administrador, mentor, sócio e conselheiro de diversas startups, diretor corporativo e de relações humanas na Visto Sistemas e presidente do Sapiens Park, Daniel dos Santos Leipnitz, promoveu uma palestra sobre “Cidade Inovadora”.

“Um momento muito importante para discutirmos sobre inovação. O governo pensa muito em atividades que estimulem a economia, a tecnologia e, principalmente, melhorem a qualidade de vida população. E o Inova contempla tudo isso”, comentou Fabris.

O programa Inova Criciúma foi criado pela Diretoria de Desenvolvimento Econômico e tem em sua base a Lei de Inovação do Município, Nº 7.375, de 13 de dezembro de 2018, que estabelece políticas de incentivo à tecnologia e inovação e institui o Fundo Municipal de Inovação.

Futuro

Ao todo, R$ 250 mil serão destinados para 10 startups que apresentem soluções para indústria, comércio e administração pública municipal, nos seguintes eixos: produtos e equipamentos; softwares e aplicativos; eficiência na gestão pública e na prestação de serviços à comunidade e ao cidadão.

“O objetivo é que sejam ideias para estimular o desenvolvimento econômico do nosso município, tendo como foco o avanço da indústria, do comércio e da prestação de serviço à comunidade”, explicou o diretor de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação, Aldinei Potelecki.

As inscrições estarão disponíveis a partir das 23h45 desta quarta-feira (8), no site https://inova.criciuma.sc.gov.br/, e vão ficar no ar por 45 dias. Após o fim do prazo, as propostas serão analisadas por uma comissão, formada pelo gerente de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Criciúma, Edson Silva, pelo pró-reitor de Pesquisa e Inovação da Satc, Luciano Bilessimo, pelo gerente de Inovação da Unesc, Oscar Rubem Klegues Montedo, pelo gerente de Operações SESI SENAI Sul e Litoral Sul, Valmir Cabral da Silva Neto, e pelo representante do Núcleo de Base Tecnológica de Criciúma e Região (NBT) e secretário do Conselho Municipal de Inovação (CMI), Maycon Marchiori. 

Comente com o Facebook