Biblioteca Pública Municipal de Chapecó promove sessões de cinema


A Biblioteca Pública Municipal Neiva Maria Andreatta Costella promoverá sessões de cinema com filmes chapecoenses. Serão exibidas duas produções: “O Poeta de Cordel” e “No Quintal de Rosalina”, nos dias 19 de agosto e 9 de setembro, respectivamente. Ambas as sessões serão gratuitas, às 19h, na sede da Biblioteca. As vagas serão limitadas, para participar será necessário reservar lugar através do WhatsApp (49) 999 018 058.

A iniciativa é parte de projeto contemplado pelo espaço no Prêmio Elisabete Anderle de Apoio à Cultura 2020, edital do Governo do Estado de Santa Catarina realizado através da Fundação Catarinense de Cultura (FCC). O projeto previa a revitalização do jardim interno da Biblioteca com instalação de jardim vertical, compra de novos computadores para pesquisa e uso da comunidade, além da aquisição de equipamento completo de projeção, com tela, notebook e projetor.

Segundo Caroline Miotto, coordenadora da Biblioteca, o projeto teve como objetivo revitalizar o espaço e proporcionar um ambiente mais acolhedor e confortável aos usuários que utilizam as dependências da Biblioteca para pesquisas, estudos, reuniões, entre outras atividades. “A comunidade sempre ocupou o espaço da Biblioteca e com essas melhorias acreditamos que podemos fomentar e diversificar o uso do ambiente”, completou.

As sessões de cinema, que contam com a curadoria da Associação de Cinema e Vídeo de Chapecó e Região – Cinelo, tem como objetivo apresentar parte deste equipamento à comunidade chapecoense e mostrar as diferentes alternativas de uso da Biblioteca Pública, integrando a literatura com diferentes linguagens artísticas e efetivando um espaço de fruição da arte e da cultura de Chapecó. Duas sessões já foram realizadas, no dia 3 de agosto, com crianças que participam das aulas de xadrez oferecidas na Biblioteca.

Os Filmes

“O Poeta de Cordel” é uma produção da Margot Filmes, lançado em 2019. Sinopse: Vicente Morelatto morreu aos 26 anos de idade, pouco tempo depois de publicar em 1953 os versos de cordel sobre os fatos que ainda hoje assombram moradores da cidade de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina: “A história do incêndio da Igreja de Chapecó e o linchamento dos quatro presos”. Sua morte foi poucos dias após ter sido transferido para dar aulas em uma escola distante da sua comunidade. Uma transferência explicada pelo amigo em poucas e meias palavras: “ele era uma pimenta e o prefeito…”. No filme “O poeta de cordel” essa história vem à tona, como anuncia o filho de Vicente, Getúlio Morelatto. Além de buscar entender quem foi e como morreu o professor e poeta, o filme reimprime o livreto de Morelatto, em tipografia, tal qual foi publicado pelo poeta. O cordel vai para a praça pública em Chapecó. Ali, no mesmo local onde foram queimados os quatro corpos dos homens acusados de terem queimado a Igreja, os versos são lidos pelo Grupo Vertigem.

“No Quintal de Rosalina” é uma produção Motirõ Filmes, lançado em 2021. Sinopse: Por meio de encontros afetivos, conhecemos a trajetória política e social de Rosalina, nos aproximamos de sua militância no Movimento de Mulheres Camponesas, das tradições caboclas, dos ideais da agricultura familiar e da cura realizada através do cultivo de plantas medicinais. Rosalina segue regando o mundo com seu conhecimento ancestral, o maior legado que podemos herdar de uma “bruxa do bem”, como ela mesma diz.

“O Poeta de Cordel” será exibido dia 19 de agosto, às 19h. “No Quintal de Rosalina” será dia 09 de setembro, também às 19h. As vagas são limitadas e para participar é necessário reservar lugar através do WhatsApp (49) 999 018 058. A Biblioteca Pública Municipal Neiva Maria Andreatta Costella está localizada no calçadão da Rua Benjamin Constant, no Centro de Chapecó.

Comente com o Facebook