Secretaria do Meio Ambiente alerta sobre risco de morte de baleias por redes ilegais de pesca


Devido à aproximação de baleias da costa catarinense neste período do ano, a Secretaria do Meio Ambiente (Semam) de Balneário Camboriú reforça que é proibido o uso de rede de pesca de espera.

O petrecho pode causar a morte de baleias, uma vez que esses animais correm o risco de ficarem presos nas redes ilegais. Na tarde desta terça-feira (13), fiscais do Departamento de Fiscalização da Semam observaram cerca de 10 baleias na costa de Balneário Camboriú.

“Pedimos que os pescadores não usem redes de espera, pois eles matarão as baleias, que estão ameaçadas de extinção, e cometerão crime ambiental”, diz a secretária do Meio Ambiente, Maria Heloisa Furtado Lenzi.

O uso de petrechos não permitidos sujeita o pescador à pena de detenção de um ano a três anos ou multa, ou ambas as penas cumulativamente, de acordo com o artigo 34 da lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998.

___________________

Secretaria do Meio Ambiente
(47) 3267-7080

Diretoria de Comunicação
Jornalista: Silvana de Castro
Foto: Semam/PMBC
(47) 3267-7022

www.instagram.com/prefeituradebc 

FOTOS

Comente com o Facebook