Lei Aldir Blanc em Camboriú dá suporte a documentário sobre broqueiros

Até a primeira metade do século XX, a economia de Camboriú era fortemente voltada à extração de mármore e granito. Neste contexto, os broqueiros, profissionais que trabalhavam na quebra das pedras, tinham grande importância para o desenvolvimento do município. Com o aporte da Lei Aldir Blanc, cujo repasse no município é feito por meio da Fundação Cultural de Camboriú, um documentário foi produzido com o objetivo de homenagear esses profissionais.

Intitulado “A Cidade da Pedra”, a produção foi realizada pela camboriuense Fernanda Duarte, fotógrafa finalista do Concurso de Fotografia “Camboriú Rural” e que desde 2017, atua no meio audiovisual. Com cerca de 30 minutos de duração, o documentário conta com diversos relatos e resgates históricos sobre a profissão de broqueiro, uma das mais antigas do município. Nela, ex-trabalhadores, historiadores e cidadãos relatam a influência histórica e econômica que a ocupação detinha, e ainda detém, sobre a cidade e os cidadãos camboriuenses.

“Camboriú possui uma rica história, porém há poucos materiais que registram essas informações. Com o incentivo fornecido pela Fundação Cultural, por meio da Lei Aldir Blanc, houve a motivação em documentar no formato audiovisual, um pedaço dessa história. Agora, as pessoas podem conhecer mais sobre a nossa “cidade da pedra”, preservando essas memórias e relatos para as futuras gerações”, comentou Fernanda. 

Com o documentário já produzido, o filme agora será exibido em mostras cinematográficas além de concorrer em festivais de cinema nacionais e internacionais. Ao mesmo tempo, também será destinado como um material didático para estudantes no estudo da história da cidade.

“Como contrapartida ao município, o filme foi exibido para turmas de 4º e 5º anos, da escola municipal Abelardo Torquato Rosa, na Várzea do Ranchinho. Nessa ação, a equipe conversou com os alunos sobre o processo de produção de um filme, além do conteúdo do documentário”, explicou a presidente da Fundação Cultural, Rose Figueiredo.

O documentário pode ser assistido no Youtube, através do link: https://youtu.be/5E18LTi_-B0

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News Notícias de Santa Catarina - SC HOJE NewsNotícias de Santa Catarina - SC HOJE NewsNotícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Comente com o Facebook